Lance Saída de diretor da Mercedes pode ter ocasionado ida de Hamilton para Ferrari

Saída de diretor da Mercedes pode ter ocasionado ida de Hamilton para Ferrari

Em 2025, a nova casa do heptacampeão será em Maranello

Lance

A saída de Lewis Hamilton da Mercedes pegou muitos fãs da Fórmula 1 de surpresa, e os motivos da ida do britânico para a Ferrari aos poucos estão aparecendo. Segundo o site neerlandês “Racing News 360”, ação foi motivada pela partida do diretor de desempenho, Loic Serra, que também irá para a equipe de Maranello em 2025.

O francês assumiu o posto em 2019, substituindo Mark Ellis. Ainda segundo o portal, o engenheiro estava desacordo com a equipe técnica, que na ocasião, liderada por Mike Eliott — responsável pelos projetos do W13 e W14, que ficaram marcados pela queda de performace da equipe.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Serra foi um dos que opuseram ao conceito dos carros, alegando que o desenho estava seguindo um caminho errado, devido à distância entre os eixos e assoalho ser muito longa. De acordo com o veículo, Hamilton compartilhavam da mesma opinião. No último ano, Lewis falou abertamente sobre ter comunicado à equipe sobre o erro, porém não foi ouvido.

Hamilton vestirá o macacão vermelho a partir de 2025. Com o contrato multianual com a Ferrari, será a primeira vez que o britânico pilotará um carro que não tenha motor Mercedes na Fórmula 1. Além disso, entra na lista dos campeões que defenderam a equipe de Maranello.

Últimas