Lance Romildo Bolzan explica a troca de Roger Machado por Renato Gaúcho

Romildo Bolzan explica a troca de Roger Machado por Renato Gaúcho

Presidente citou o ambiente instável para definir a troca no comando técnico do Grêmio

Lance
Lance

Lance

Lance

Diante da pressão dos últimos dias, o Grêmio resolveu mudar o comando técnico e anunciou na noite de quinta-feira a troca de Roger Machado por Renato Gaúcho.

- VEJA A TABELA DA SÉRIE B

Nesta sexta-feira, o presidente Romildo Bolzan foi ao CT Presidente Luiz Carvalho para conceder entrevista coletiva e dar explicações sobre a mudança.

Sincero, o mandatário admitiu que o clima gerado dos últimos dias mexeu com a confiança do elenco e não teve outra alternativa a não ser desligar Roger Machado.

‘O ambiente não dava a segurança. Gerou instabilidade. Não queira saber o quanto é prejudicial o ambiente que é previamente vaiado. É direito, são posições. Faltou sentir que todos comprassem a ideia, nós estávamos contemplados. Mas o ambiente gerado não foi o que precisávamos. Foi por isso que fizemos a mudança’, afirmou, antes de completar:

'Tenho um conceito extremamente positivo do trabalho do Roger. Só tenho agradecimentos. Vou procurá-lo depois, mais adiante. Mas quero reconhecer a capacidade de trabalho, a integridade técnica, fazer isso publicamente. Não foi por isso que saiu. Temos 11 jogos extremamente complicados, ambientes fragilizados, não é possível um time que vem jogando três partidas que foram comprometidas, mas não tem condições de um time entrar seguro, sólido, estabilizado emocionalmente quando no aquecimento se vaiam jogadores, treinador. Hoje temos que criar um ambiente para gerar segurança de todos’, completou.

Agora, com a troca do comando técnico, o Grêmio do presidente Romildo Bolzan espera que o time possa reagir e derrotar o Vila Nova-GO, na Arena.

Últimas