Lance Reino Unido estuda banir patrocínio de apostas em camisas de time e desagrada clubes

Reino Unido estuda banir patrocínio de apostas em camisas de time e desagrada clubes

Presidente da EFL questionou a possibilidade da medida ser aprovada e impacto nas finanças pode ultrapassar os R$ 718 milhões por ano

Lance
Lance

Lance

Lance

O governo do Reino Unido estudo tomar uma polêmica medida que pode ter impacto nas finanças dos clubes da Premier League. De acordo com reportagem do Daily Mail, o patrocínio de empresas de apostas nas camisas dos times de futebol da Inglaterra, Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales podem ser vetados.

O presidente da English Football League (EFL), Rick Parry, que representa 72 clubes da Inglaterra, afirmou que é contrário à medida.

- A última coisa que precisamos agora é restringir valiosas fontes de receitas, pois elas não podem ser repostas entre uma noite e outra. Caso não for (o mercado de) apostas, para qual mercado devemos ir (para conseguir patrocínios)? – questionou Parry.

Somente nesta temporada, nove dos 20 clubes da Premier League têm patrocinadores ligados ao mercado de apostas. São outros seis times na Championship, segunda divisão inglesa. Combinados, estes acordos são estimados em 136 milhões de dólares (R$ 718.8 milhões) por ano.

Apesar da ideia em banir patrocínios de apostas esportivas em camisa, o governo do Reino Unido não pretende modificar a publicidade na televisão, durante os jogos de futebol, e em placas de publicidade ao lado do campo.

No Brasil, você pode apostar online utilizando sites de apostas, como o da KTO.com. Incluindo partidas do futebol inglês, como todos os jogos da Premier League e da Championship.

Últimas