Lance Raphinha revela parabéns de Ronaldinho Gaúcho e desafio de manter foco após 'veto' na Seleção

Raphinha revela parabéns de Ronaldinho Gaúcho e desafio de manter foco após 'veto' na Seleção

Em entrevista coletiva, atacante do Leeds fala sobre como lidou com 'veto' na convocação de setembro: 'Fiquei frustrado, mas tinha que manter a cabeça no lugar'

Lance
Lance

Lance

Lance

O atacante Raphinha não escondeu o quanto foi desafiador manter sua cabeça fria após o "veto" a convocados da Premier League em jogos da Data Fifa em setembro. Por isto, em sua primeira entrevista coletiva como jogador da Seleção Brasileira, o atacante do Leeds reconheceu.

- Ainda não caiu a ficha de estar aqui - disse.

>>>> Veja a classificação das Eliminatórias da Copa do Mundo!

Em seguida, o jogador, um dos escolhidos de Tite para as partidas de outubro pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, falou sobre este hiato até a próxima lista.

- Foi bem complicado, fiquei bastante frustrado. Claro que tive esperança de vir até o último momento. Mantive contato com Juninho (Paulista, coordenador), pessoal da comissão também, falando com pessoal do clube para ver se de alguma maneira isso poderia ser resolvido, mas, infelizmente, não foi - e, em seguida, foi categórico:

- O que poderia fazer era manter minha cabeça no lugar, continuar trabalhando, porque sabia que em poucas semanas ia ter outra convocação. Então só podia manter foco, a cabeça boa para seguir trabalhando para ter outra oportunidade - complementou.

O jogador de 24 anos contou que foi parabenizado por dois jogadores de renome: o português Bruno Fernandes, atualmente no Manchester United e o ex-jogador Ronaldinho. O astro campeão mundial de 2002 é amigo do pai de Raphinha.

- O Ronaldo me mandou vídeo, ligou para o meu pai e me deu parabéns. Fiquei mais feliz do que já estava. Receber elogios de grandes pessoas é muito gratificante - declarou.

O atacante tinha apenas três anos quando Ronaldinho marcou um golaço no 7 a 0 do Brasil sobre a Venezuela pela Copa América de 1999. Perguntado sobre o lance que aconteceu justamente contra o próximo adversário da Seleção nas Eliminatórias, Raphinha brincou.

- Se eu puder fazer metade do que Ronaldo fez nesse jogo já vai ser muito marcante, muito importante para mim - disse.

O Brasil enfrenta a Venezuela na quinta-feira (7). Depois, encara a Colômbia no dia 10 e, no dia 14, mede forças com o Uruguai.

Últimas