Ramon diz contar com Guarín, mas prega: 'Precisa estar de corpo e alma'

Volante colombiano está liberado das atividades presenciais por questões particulares, e já estava atrás dos demais companheiros nos aspectos físicos

Lance

Lance

Lance

O Vasco chegou a duas vitórias em dois jogos sob as ordens de Ramon Menezes. E sem Guarín. O volante colombiano, passando por problemas particulares, está liberado das atividades presenciais. O treinador foi questionado sobre o meio-campista e não se alongou. Diz contar, mas desde que ele esteja concentrado no campo.

- Falar da qualidade e da importância dele não precisa, mas ele precisa estar de corpo e alma. Ele tem que trabalhar, recuperar a forma física. Técnica ele tem de sobra. Contamos com Guarín - resumiu.

Pelo início ruim na Taça Rio, o bom reinício de temporada do Vasco não foi suficiente para classificar o time à semifinal do turno. O treinador fica, agora, com sentimentos divididos.

- Eu gostaria muito de fazer a semifinal, seria maravilhoso. Sei a importância para o clube. Fico feliz por duas vitórias, mas triste porque o clube não conseguiu alcançar o objetivo que é, no Carioca, participar das finais - avaliou.