Lance Raducanu dá aula, vai à final do US Open e faz história

Raducanu dá aula, vai à final do US Open e faz história

Britânica é a primeira qualifier numa final de Slam

Lance
Lance

Lance

Lance

A final do US Open feminino será totalmente de jovens. Depois de Leylah Fernandez, de 19 anos, garantir sua vaga, a britânica Emma Raducanu, de 18 e que saiu do qualifying, carimbou seu passaporte rumo à final do Grand Slam.

Raducanu, apenas 150 do mundo, superou a grega Maria Sakkari, 18ª colocada, por 2 sets a 0 com parciais de 6/1 6/4 após 1h24min de duração na lotada quadra central Arthur Ashe.

A britânica é a primeira desde Virginia Wade em 1977 a atingir uma decisão de Grand Slam e desde 1968 na final no Aberto dos Estados Unidos. Ela encara a canadense 73ª colocada que bateu a bielorrussa Aryna Sabalenka, segunda colocada, na final de sábado às 17h.

Ela é a primeira qualifier seja entre homens ou mulheres a alcançar a final de um Slam na história do tênis.

Raducanu doutrinou no primeiro set aproveitando bem suas chances fechando por 6/1. Abriu uma quebra no começo do segundo, teve chance de quebrar de novo no quinto game, mas Sakkari confirmou e vibrou. Raducanu foi tendo chances, mas a grega se safando. No décimo game ela não sentiu a pressão e com swing-volley encerrou a contagem com autoridade.

Últimas