Lance Presidente do Galo sugere jogar até fora do país caso os campeonatos parem: 'o futebol não pode parar'

Presidente do Galo sugere jogar até fora do país caso os campeonatos parem: 'o futebol não pode parar'

Sérgio Coelho se posicionou a favor da manutenção das competições mesmo com o agravamento da pandemia da Covid-19 em Minas e no país

Lance
Lance

Lance

Lance

O presidente do Atlético-MG, Sérgio Coelho, deu uma declaração que gerou estranheza no mundo do futebol. O mandatário alvinegro sugeriu jogar fora de Minas Gerais e até do Brasil, caso os campeonatos tenham de ser paralisados.

Coelho falou sobre o assunto, durante o programa Bastidores, da Rádio Itatiaia, na noite de quinta-feira, 25 de março, dia do aniversário de 113 anos do clube mineiro.

-Isso(campeonato parado) é uma preocupação muito grande porque seria uma tragédia se a paralisação do Mineiro fosse estendida. Estamos otimistas que não irá. Mas caso venha acontecer, e caso seja aprovado pelo conselho técnico para que façamos jogos fora do estado ou do país-disse.

O dirigente afirmou que apesar da pandemia e das restrições, o futebol não tem de ser paralisado.

-O Atlético vai cumprir com o que foi combinado. O que não podemos é parar o futebol-completou. Sérgio Coelho já disse que o futebol não traz risco para a sociedade e as pessoas envolvidas. A sua posição só foi reforçada.


O Campeonato Mineiro foi suspenso na última segunda-feira, 22 de março, devido a uma determinação do Governador Romeu Zema (Novo-MG), que colocou o estado na Onda Roxa, que são medidas restritivas para combater o avanço do coronavírus e aliviar o sistema de saúde de Minas.

Mesmo com a doença gerando um aumento de casos no Estado, o presidente da Federação Mineira de Futebol (FMF), Adriano Aro, garantiu que o Mineiro retorna no dia 1º de abril, quinta-feira, apesar da Onda Roxa ter sido estendida até domingo, 4, para evitar aglomerações do feriado de Páscoa.

Últimas