Lance Presidente da CPI da Covid-19, Omar Aziz pondera riscos da Copa América no Brasil: 'Se há condições, sedia'

Presidente da CPI da Covid-19, Omar Aziz pondera riscos da Copa América no Brasil: 'Se há condições, sedia'

Senador representante do Amazonas acredita que, mantendo medidas sanitárias que estão sendo realizadas nos jogos do Brasileirão, Copa América não será novidade

Lance
Lance

Lance

Lance

O anúncio que o Brasil sediará a próxima Copa América, nos próximos meses, mobilizou torcedores, jornalistas e políticos, nesta segunda-feira. Após a Conmebol comunicar que acertou a novidade com o Governo Federal, o senador do PSD-AM Omar Aziz, presidente da CPI da Covid-19, ponderou a decisão de aceitar o evento. Para ele, se mantiverem os protocolos sanitários, não há problemas para a realização da competição.

+ TABELAS: Confira a tabela de classificação do Brasileirão 2021

Muitos torcedores e comunicadores reclamaram da liberação do evento no Brasil por receio de que os jogos causem novas aglomerações, tal como a vinda de seleções sul-americanas agrave a situação da Covid-19 no país. Ao todo, mais de 462 mil pessoas já morreram no Brasil com o coronavírus.

- No Brasil, estão tendo Campeonatos Estaduais, está tendo Copa do Brasil, Libertadores... Neste último final de semana começou o Campeonato Brasileiro sem público. E se não tiver público e tiver todas as garantias sanitárias, testagem na entrada desses jogadores que vieram de outros países, porque a gente faz uma barreira sanitário - avaliou o político, que seguiu:

- E todo mundo que vier na delegação a gente souber que não vai uma "cepa" nova para cá, com certeza absoluta não vejo grandes problemas, porque vejo campeonatos andando. Um jogo não é diferente do outro. Sem público não vejo problemas de ter jogo aqui. Se há condições de sediar, sedia - disse ele à CNN Brasil.

Na visão do político, que lidera as investigações contra membros e ex-participante do Governo Federal, a manutenção de barreiras sanitárias serão fundamentais para evitar o deslocamento de torcedores ao evento no Brasil.

- Estão acontecendo campeonatos no Brasil afora. Todos os dias têm jogos praticamente no Brasil. Seria muito difícil para mim dizer agora "ah, o Brasil está errado" ou "ah, o Brasil está certo". Em relação ao futebol, está tendo futebol todo final de semana, quarta-feira, quinta-feira, sexta-feira, Série A, Série B, Série C, Série D, o Brasil está fazendo esses jogos. Eles têm que passar uma barreira sanitária. O maior problema não é o futebol, o maior problema é a falta de vacinas - comentou ele no programa "Live CNN".

Vale lembrar que a Copa América chegou a ser adiada em 2020 por conta da pandemia. Colômbia e Argentina anunciaram a desistência para evitar um possível aumento de casos da doença. Neste fim de semana, se iniciou o Campeonato Brasileiro.

Últimas