Pipico vive o maior jejum com a camisa do Santa Cruz

Sem marcar nos últimos sete jogos, o centroavante atravessa o maior período sem balançar a rede desde a sua chegada em 2018

Lance

Lance

Lance

A vida de Pipico no Santa Cruz não está nada fácil. No duelo da última terça-feira, diante do Treze-PB, o atacante precisou deixar o gramado na etapa inicial e começou o tratamento no banco de reservas.

Nesta quarta-feira, o atleta vai passar por um exame no clube e a previsão para a sua volta será estipulada. Apesar de não ter nenhum tipo de confirmação, a tendência é que ele não atue no fim de semana, quando o Santinha encara o Botafogo-PB.

Seca de gols

Com a lesão muscular, que o tirou do jogo mais cedo, Pipico chegou a negativa marca de sete jogos sem balançar a rede, algo que nunca havia acontecido desde a sua chegava ao Santa Cruz, em 2018.

Para entender a dependência dos gols de Pipico, nos sete jogos em que não marcou, o Santa saiu de campo zerado em quatro duelos. No total, a equipe marcou apenas cinco gols, sendo três deles na partida diante do Treze-PB.

Decisivo, o último gol do ídolo na temporada aconteceu no dia 19 de julho, quando o Santa Cruz venceu o Sport por 2 a 1. Em 2020, o centroavante marcou sete gols.