Lance Penalidade Máxima: ex-Goiás se torna o 8º jogador a firmar acordo com o Ministério Público

Penalidade Máxima: ex-Goiás se torna o 8º jogador a firmar acordo com o Ministério Público

Jogador não foi denunciado como réu pelo MP, mas seu nome aparece em conversas com apostadores

Lance
Lance

Lance

Lance

Emprestado ao Goiás pelo Rio Ave, de Portugal, o lateral Sávio se tornou o oitavo jogador a fazer acordo com o Ministério Público de Goiás na Operação Penalidade Máxima. O jogador, portanto, entrará ao processo na condição de réu, mas como testemunha.

Sávio não foi denunciado como réu pelo Ministério Público de Goiás, mas seu nome aparece em conversas entre apostadores às vésperas do jogo entre Goiás e Bragantino.O lateral é mencionado numa lista de jogadores ''confirmados e pagos'', sinalizando para um valor de R$ 30 mil em troca da punição com cartão amarelo - que ocorreu aos 28 minutos do segundo tempo.

O Goiás tinha acertado a ampliação do vínculo de empréstimo do lateral-esquerdo com o Rio Ave, de Portugal, até dezembro 2023. O acordo foi firmado com opção de compra dos diretos econômicos de Sávio fixada em 1,5 milhão de euros. O jogador chegou ao Esmeraldino em julho de 2022 e foi peça importante da equipe no Brasileirão.

Sávio é o segundo ex-Goiás a fechar acordo com o Ministério Público. Antes dele, Diego Porfírio, agora no Guarani, também faz parte da lista de oito jogadores que são testemunhas das investigações da Operação Penalidade Máxima. Os outros seis são: Kevin Lomónaco, do Bragantino; Moraes, do Juventude; Nikolas Farias, do Novo Hamburgo e Jarro Pedroso, hoje no Inter de Santa Maria; Nino Paraíba, ex-América-MG; Bryan Garcia, demitido pelo Athletico.

Últimas