Lance Paulo Victor relembra estreia com a camisa do Grêmio: 'Realizei um sonho de garoto'

Paulo Victor relembra estreia com a camisa do Grêmio: 'Realizei um sonho de garoto'

Por influência do pai, jogador possuía um vínculo com o clube gaúcho bem antes de dar efetivamente início a sua trajetória como profissional

Lance
  • Lance | por Lance

Lance

Lance

Lance

Não bastasse o simples fato do Grêmio vir da vitória de um clássico contra o Internacional, a quinta-feira (6) tem sabor especial para o goleiro Paulo Victor.
Isso porque, há exatos três anos, o goleiro estreava com a camisa tricolor em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Na época, aliás, o jogador foi o único que teve a sua escalação confirmada, no dia anterior à partida, pelo técnico Renato Portaluppi.

Jogando na Arena, o time gaúcho enfrentou o Atlético-MG e
venceu os mineiros com 2 a 0 no placar. Renomado pegador de pênaltis, PV mostrou seu cartão de visitas logo em sua estreia ao defender um pênalti de Robinho no fim da partida.

Apesar de formado nas categorias de base do Flamengo, o filho do ex-jogador Gesué Vidotti tem uma ligação antiga com o Grêmio. Seu pai fazia coleções de camisetas de times e uma das preferidas de Paulo Victor era a camiseta azul, preta e branca do time gaúcho.

Apresentado pelo clube de Porto Alegre no dia 14 de julho de 2017, o jogador declarou na sua entrevista coletiva que estava realizando um sonho de infância ao chegar no Imortal:

- Eu realizei um sonho de garoto quando vesti, pela primeira vez, a camisa do Grêmio. Fiquei feliz com uma estreia que jamais imaginaria, pois foi a realização de um sonho completo. Conseguimos vencer a equipe do Atlético e fui premiado pegando um pênalti. Agradeço a Deus pela oportunidade de defender essas cores, o grupo e a comissão técnica pela confiança e apoio e aos torcedores que sempre me incentivaram - afirma o camisa 1.

Em sua quarta temporada na Capital dos Gaúchos, o jogador já entrou em campo 93 vezes pelo clube. Desde sua chegada participou dos títulos da Libertadores, Recopa Sul-Americana, dois Estaduais e Recopa Gaúcha. Na temporada passada foi o nome do bicampeonato Gaúcho ao defender três penalidades na decisão contra o Internacional.

Últimas