Palmeiras

Lance Palmeiras volta a passar em branco, perde nos pênaltis e termina Mundial em quarto

Palmeiras volta a passar em branco, perde nos pênaltis e termina Mundial em quarto

Felipe Melo desperdiça último pênalti e o Verdão se torna o primeiro sul-americano a terminar o torneio em quarto lugar, além de não ter feito nenhum gol

Lance
Lance

Lance

Lance

Nessa quinta-feira (11), Al Ahly e Palmeiras se enfrentaram pela disputa do terceiro lugar do Mundial de Clubes da Fifa, no Estádio Cidade da Educação, em Doha, no Qatar.

Abel Ferreira escalou um Palmeiras diferente do time que perdeu para o Tigres na semifinal do torneio. O português colocou Mayke, Felipe Melo, Patrick de Paula e Willian entre os titulares para a partida.

Em um confronto apagado, as duas equipes apenas empataram em zero a zero e tiveram que decidir a terceira colocação nas penalidades. Nas cobranças, o time do Egito desperdiçou duas, enquanto o Palmeiras perdeu três - com Rony, Luiz Adriano e Felipe Melo - e foi derrotado.

É a primeira vez que um time sul-americano termina a competição em quarto lugar na história da competição intercontinental. Além disso, o Alviverde segue com o tabu de nunca ter marcado um gol no Mundial de Clubes.


Começo dominante do Al Ahly

Nos minutos iniciais da partida, o time egípcio conseguiu envolver o Palmeiras no seu toque de bola e dominar o time brasileiro, que errava muitos passes.

No primeiro escanteio da partida, aos oito minutos da primeira etapa, Kafsha mandou para o meio da bagunça, Al Sulaya ganhou de todo mundo pelo alto, tocou de cabeça e a bola foi por cima do gol.

Aos 11 minutos, Raphael Veiga bateu escanteio pela direita, Bwalya afastou de cabeça e a bola sobrou na entrada da área, para que, sem deixar ela pingar, Rony mandasse uma bicicleta de longe e El Shenawy defendesse.

Palmeiras desligado

O Al Ahly demonstrou estar mais ligado e atento do que o Palmeiras no decorrer da etapa inicial. Os comandados de Abel Ferreira pecaram em alguns lances e deram aos egípcios oportunidades de saírem na frente.

Aos 26 minutos, Felipe Melo deu mole e foi desarmado por Bwalya no campo de defesa. A bola sobrou para Al Sulaya, que entrou na área e bateu cruzado. A bola saiu com perigo pelo lado direito do gol palmeirense.

Após esse lance, aos 27 minutos, o goleiro Weverton recebeu o primeiro cartão amarelo da partida, após reclamação com o árbitro.

Palmeiras tenta se reestabelecer

Após os 30 minutos de bola rolando, o Verdão tentou reestabelecer o equilíbrio do duelo e atacou mais. Aos 33 minutos, Raphael Veiga bateu escanteio pela esquerda, a bola rebateu dentro da área e sobrou no meio com Rony. O atacante soltou uma bomba e a bola saiu raspando o travessão adversário.

Aos 39, Viña arrancou pela esquerda com liberdade e cruzou para Rony, que aparecia da área. O atacante alviverde desviou de cabeça, mas o goleiro El Shenawy se esticou e conseguiu fazer a defesa.

Palmeiras volta do intervalo mais acordado

O Alviverde voltou mais ligado para disputar o segundo tempo. Nos 10 minutos iniciais, a equipe de Abel Ferreira conseguiu impor seu ritmo de jogo e forçar o erro do adversário.

Aos sete minutos, Rony mandou na direita para Mayke, o lateral deixou o marcador no chão e cruzou. O volante Patrick de Paula subiu no meio da marcação e tocou de cabeça pra fora.

Susto do Al Ahly

Aos 22 minutos, Hany cruzou para Fathy, que finalizou de volêio. Weverton fez milagre e defendeu, mas no rebote, Ajay mandou para o fundo da rede. A arbitragem marcou impedimento na jogada e anulou o gol.

Jogo volta a esfriar e termina empatado

Aos 35 minutos, ainda tentando marcar, Patrick de Paula recebe na entrada da área, tenta resolver sozinho, bate cruzado e a bola vai pela linha de fundo!

Nos minutos finais, mesmo fazendo três alterações na equipe, o técnico Abel Ferreira viu um time apagado, que não conseguiu sair do zero e teve que disputar as penalidades.

Penalidades máximas

O Al Ahly abriu as cobranças com um gol de Banoun. Rony desperdiçou a primeira cobrança do lado brasileiro, mas depois, Weverton defendeu o pênalti de Soleya. Na segunda cobrança alviverde, Luiz Adriano mandou pra fora. Depois, Mohsen mandou na trave. Gustavo Scarpa converte e iguala o placar. Hany colocou o time do Egito na frente de novo, mas Gustavo Gómez deixou tudo igual novamente. Ajayi deixou o dele e, após defender o pênalti de Felipe Melo, o Al Ahly garantiu o terceiro lugar do Mundial de Clubes.

Agora, o Palmeiras volta para o Brasil para finalizar a temporada de 2020. No próximo domingo (14), o Verdão enfrenta o Fortaleza, em casa, às 18h15, pela 36ª rodada do Brasileirão. Restam cinco partidas para o time de Abel Ferreira terminar o Campeonato Brasileiro e os dois jogos da final da Copa do Brasil, contra o Grêmio, que serão disputados nos dias 28 de fevereiro e 7 de março.

FICHA TÉCNICA
AL AHLY 0 X 0 PALMEIRAS

Data: 11 de Fevereiro de 2021
Horário: 12h (de Brasília)
Local: Estádio Cidade da Educação, em Doha, no Qatar
Árbitro: Maguette Ndiaye (Senegal)
Assistentes: Djibril Camara e El Hadji Samba (Ambos de Senegal)
VAR: Drew Fischer (Canadá) e Redouane Jiyed (Marrocos)

CARTÕES AMARELOS - Palmeiras: Weverton (27'/1ºT), Willian (47'/1ºT), Patrick de Paula (23'/2ºT)

PÊNALTIS - Banoun (1-0), Rony (1-0), Soleya (1-0), Luiz Adriano (1-0), Mohsen (1-0), Gustavo Scarpa (1-1), Hany (2-1), Gustavo Gómez (2-2), Ajayi (3-2) e Felipe Melo (3-2).

AL AHLY-EGI: El Shenawy; Hany, Benoun, Ayman e Yasser; El Soulia, Hamdy e Kafsha (Sherif 13'/2ºT); Akram (Mohsen 30'/2ºT), Bwalya (Ajayi 13'/2ºT) e Taher (Dieng 32'/2ºT). Técnico: Pitso Mosimane.

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Gustavo Gómez, Luan, Viña; Felipe Melo, Patrick de Paula (Danilo 35'/2ºT) e Raphael Veiga (Gustavo Scarpa 35'/2ºT); Wilian (Gabriel Menino 35'/2ºT) , Rony e Luiz Adriano. Técnico: Abel Ferreira.

* sob supervisão de Valdomiro Neto

Últimas