Lance Palmeiras se reapresenta com dúvida na lateral esquerda contra o Botafogo

Palmeiras se reapresenta com dúvida na lateral esquerda contra o Botafogo

Sem Matías Viña, convocado para a seleção do Uruguai, Vanderlei Luxemburgo tem o reserva imediato se recuperando de lesão. Confira as opções do treinador para o setor

Lance
Lance

Lance

Lance

Após ganhar folga neste último domingo, o elenco do Palmeiras se reapresenta nesta tarde de segunda-feira (5), na Academia de Futebol, para iniciar a preparação para o duelo diante do Botafogo, pela 14ª rodada do Brasileirão 2020.

Sem a presença dos quatro selecionáveis, Luxemburgo terá de quebrar a cabeça para escalar o Verdão diante do Fogão. Principalmente na lateral esquerda. Matías Viña, convocado para atuar pelo Uruguai, será desfalque contra o clube carioca, além de São Paulo e provavelmente Coritiba.

Lucas Esteves está em transição física, devido a uma lesão muscular, e será reavaliado nos dois treinos antes da viagem ao Rio de Janeiro para saber se terá condição de ser relacionado.


Uma opção é Gustavo Scarpa. O meia que quase foi negociado na última semana, permaneceu no clube e foi importante na vitória diante do Ceará, participando da jogada que terminou no gol de Willian. O camisa 14 iniciou a carreira como lateral-esquerdo e nesta temporada já foi utilizado por Luxa na posição, na derrota para o Red Bull Bragantino, pelo Paulista.

– Ele (Luxemburgo) ainda não me perguntou sobre as minhas preferências. No jogo mesmo, eu fui chamado e ele falou que eu iria para a lateral. Eu não esperava, mas foi legal. Não tive conversa, mas sou bem tranquilo, qualquer posição estou dentro – disse o camisa 14, em coletiva, após ter atuado pelo setor em Bragança Paulista.

Apesar de não jogar na posição com frequência nos últimos tempos, Scarpa pode ser útil pela sua experiência e também pela qualidade nos cruzamentos e chutes de longa distância. O ponto fraco de Gustavo Scarpa na lateral seria na recomposição/marcação. Em alguns treinos na Academia de Futebol, o treinador testou o atleta na posição.

Já a outra opção disponível para Luxemburgo é o jovem Renan Victor, de apenas 18 anos. Capitão do sub-20 alviverde, Renan está acostumado a jogar tanto como zagueiro, como também de lateral-esquerdo. Canhoto, a Cria da Academia fez parte da campanha do Brasil, campeão Mundial Sub-17, em 2019.

Renan foi relacionado por Luxemburgo na partida diante do Bolívar e ficou no banco de reservas na goleada alviverde por 5 a 0. Acostumado com a posição e com um maior poder defensivo, o ponto fraco do jovem é a inexperiência e o fato de nunca ter jogado um jogo como profissional.

Por último, o jovem angolano Ramiro também pode ganhar uma chance no profissional alviverde. Com 19 anos e passagens pela seleção de base da Angola, ele chegou ao Palmeiras em julho e tem como principais características a velocidade e habilidade.

Últimas