Palmeiras renova com 'crias' e busca render melhor no Brasileirão

Gabriel Veron assinou novo vínculo com Verdão até 2025, enquanto outros jogadores aparecem como alternativas para técnico Luxemburgo

Algumas das 'Crias' são protagonistas, porém outras ainda nem estrearam

Algumas das 'Crias' são protagonistas, porém outras ainda nem estrearam

Agência Palmeiras/Divulgação

Na tarde da última quinta-feira, o Palmeiras anunciou a renovação de contrato do atacante Gabriel Veron, de 18 anos, até 2025. A Cria da Academia, porém, não é a única a ter adquirido um status importante, até mesmo de protagonismo, nesta temporada. No entanto, alguns deles, preparados ou não, ainda não receberam as chances que gostariam.

Veron está machucado desde o retorno dos treinos, no meio de julho, por conta de uma lesão no músculo posterior da coxa, ou seja, ele ainda não jogou desde o retorno das competições após a pausa causada pelo coronavírus. No entanto, antes disso, ele já havia jogado em nove partidas oficiais: Atlético Nacional-COL e New York City, pela Flórida Cup; Ituano, São Paulo, Oeste, Mirassol, Guarani, Santos, pelo Paulistão; e Tigre-ARG, pela Libertadores.

Veja mais: Confira prejuízo dos clubes da Série A causado por jogos sem torcida

Assim que se recuperar 100%, é muito provável que alcance a titularidade na equipe, dê um pouco mais de mobilidade ofensiva e chegue como um elemento surpresa aos adversários – a produção de gols do Palmeiras está muito abaixo do desejado no Brasileirão. Com a saída temporária dele da equipe, dois nomes ganharam muita projeção: Patrick de Paula e Gabriel Menino, a dupla de volantes responsável por um “up” no time comandado por Vanderlei Luxemburgo na reta final do estadual. Foi dos pés de Patrick, inclusive, que saiu a cobrança da última penalidade contra o Corinthians, na comemoração do título.

Além dos três, mais “conhecidos”, o Alviverde também aposta em outros nomes, ainda que seja só no papel. O colombiano Angulo, assim como Veron, foi promovido ao profissional em 2019, foi emprestado ao Cruzeiro e retornou há poucas semanas. Ele teve alguns minutos em campo, mas não conseguiu ainda realizar uma sequência – há, inclusive, boatos de que ele vá retornar novamente à Raposa por empréstimo, mas nada certo.

Veja mais: Ex de Luiz Adriano reaparece e publica vídeos com filhos de jogador

Na atual temporada, chegaram ao time profissional o zagueiro Henri, o lateral-esquerdo Esteves, os meio-campistas Alan e Danilo e os atacantes Wesley e Gabriel Silva. No entanto, somente esses dois últimos já fizeram suas estreias, sendo que Wesley, constantemente pedido pela torcida, entrou no empate contra o Internacional, na última quarta, faltando menos de 30 segundos para acabar o jogo.

Luxemburgo está na corda bamba – se não para a diretoria em si, está para os torcedores, que constantemente pedem mudanças. Talvez seja necessário voltar um pouco ao pensamento que reinava no início do ano, de mais agressividade ao perder a bola e mais proposição ofensiva. Se os titulares não fazem mais isso, o momento pede alguns jovens que não veem a hora de renovar o jogo.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Bilheteria do Palmeiras é pichada após empate contra Internacional