Palmeiras empresta Carlos Eduardo ao Athletico e receberá R$ 4,9 mi

Atacante irá se apresentar no clube paranaense nesta terça-feira. Verdão vendeu 20% dos direitos econômicos por 1,2 milhão de dólares do jogador, criticado pela torcida

Lance

Lance

Lance

Palmeiras e Athletico chegaram a um acordo pelo empréstimo de Carlos Eduardo, e o atacante vai se apresentar nesta terça-feira em Curitiba (PR). O clube paranaense vai pagar 1,2 milhão de dólares (R$ 4,9 milhões) por 20% dos direitos econômicos do atleta de 23 anos de idade.

Carlos ficará até o fim da temporada de 2020 no Furacão, que ao término do acordo terá uma cláusula de opção de compra. O valor pago no negócio é equivalente aos 6 milhões de dólares (R$ 23 milhões na época) que o Verdão desembolsou no início do ano passado ao Pyramids FC, do Egito.

O camisa 37 fez apenas 20 partidas em 2019 e um único gol marcado - contra o São Paulo, no Campeonato Paulista. O desempenho ruim ao longo do ano fez com que ele fosse um dos mais cornetados pela torcida palmeirense. Emprestá-lo é também uma forma de recuperar um pouco do moral perdido a partir das críticas no ano passado.

Na pré-temporada passada, o Palmeiras já havia diagnosticado que necessitava de mais atacantes velocistas. Na ocasião, a decisão foi contratar Carlos Eduardo e Felipe Pires, este por empréstimo de um ano. Nenhum dos dois se firmou, tanto que o último acabou cedido ao Fortaleza.

Desta vez, o clube decidiu dar espaço para jogadores da base. Sem reforços, o Verdão manteve no profissional Veron, de 17 anos de idade e que já atuou no na reta final do Brasileiro. Angulo foi promovido do sub-20 e Wesley volta após ser um dos jogadores que mais driblaram na Série B, pelo Vitória.