Lance Orçamento da Arena MRV sobe em R$ 140 milhões. Investidor explica

Orçamento da Arena MRV sobe em R$ 140 milhões. Investidor explica

Rubens Menin, principal parceiro do Galo, explicou que aumento real é de R$ 140 milhões e diz  que outros R$ 200 milhões são de perda de receita 

Lance
Lance

Lance

Lance

A obra do sonhado estádio do Atlético-MG, a Arena MRV, que tem previsão de entrega para 2022, teve um acréscimo de R$ 140 milhões no orçamento para a sua construção.

O principal parceiro do Atlético-MG e investidor da Arena MRV, o empresário Rubens Menin, explicou como esse aumento aconteceu, principalmente após o presidente do clube, Sérgio Sette Câmara ter dito que a construção havia ficado aproximadamente R$ 350 milhões mais cara.

Menin afirmou que boa parte da conta é perda de receitas e não aumento no custos e que o real aumento está na casa de R$ 140 milhões,

- O custo da obra foi alterado em R$ 40 milhões. Em dois anos, foi o que encareceu a obra - explicou Rubens Menin, em entrevista ao ge.

A obtenção de alvarás e das condicionantes exigidas pela Prefeitura de BH, obrigaram o Galo a levantar mais R$ 100 milhões para arcar com os custos do empreendimento.

-As contrapartidas que a prefeitura colocou foram de R$ 100 milhões. Muito elevadas, nunca vi contrapartida desse tamanho. Não era aguardado. Uma contrapartida de R$ 5 milhões, R$ 10 milhões, é normal. Mas esse valor de R$ 100 milhões eu nunca vi na minha vida. É o maior da história do Brasil- disse Menin.

Arena MRV tinha orçamento inicial de R$ 530 milhões e previsão de entrega para 2021. Mas atrasos na liberação de documentos, autorizações para iniciar os trabalhos, o empreendimento teve início apenas em 2020 e com término previsto para 2022 se não houver nenhum contratempo extra para o clube concretizar o sonho de ter sua arena multiuso.

Últimas