Lance Opinião: Na ressaca do título, Palmeiras não pode ter a mesma inércia do ano passado

Opinião: Na ressaca do título, Palmeiras não pode ter a mesma inércia do ano passado

Diretoria alviverde prometeu reforços para 2024, mas até agora só contratou um

Lance

O Palmeiras finalizou 2023 como o grande protagonista do futebol brasileiro. Com três títulos e a confirmação do bicampeonato brasileiro, as taças que não param de desembarcar na Academia de Futebol mostram que a atual filosofia da diretoria do clube está correta e não tem motivos para grandes mudanças no momento.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Porém, com os títulos e um elenco que ano após ano vem se sacrificando mesmo sem mudanças nas suas principais peças, o sarrafo vai subindo, e fazer o mesmo mas ainda melhor, de vez em quando custa caro.

Na temporada passada, o alviverde imponente faturou o Brasileirão e a diretoria ouviu ainda na festa do título, cobranças da principal organizada para que o clube se reforçasse diante das perdas iminentes de Gustavo Scarpa e Danilo.

O elenco de Abel Ferreira foi se encurtando durante este ano de 2023, e com muito mais saídas do que chegadas, o português teve que fazer mais alguns milagres além de contar com a melhor base do Brasil para faturar os três títulos.

Com a chegada já confirmada do volante Aníbal Moreno, a torcida alviverde já cobra a diretoria para que mais reforços sejam confirmados para 2024. Até porque os principais concorrentes do Verdão no país já estão se reforçando, e isso vai causando uma ansiedade ainda maior nos palestrinos.

Da espinha dorsal do elenco mais vitorioso da história do Palmeiras, Abel Ferreira não deve perder ninguém, mas reservas como Luan e Artur vão precisar de reposição caso sejam mesmo negociados.

O Palmeiras não vive em uma realidade favorável financeira, e apesar de tantos títulos nos últimos anos, a receita alviverde não permite que o clube cometa tantas loucuras e altos investimentos no mercado, mas mesmo assim, com criatividade, com a atual estrutura e com Abel Ferreira, o clube consegue muito bem buscar jovens e bons jogadores para agregar ao elenco em 2024.

+ Metade dos reforços de Leila não seguirão no Palmeiras para 2024!

É trabalhar e ter o mínimo de ambição para a competitividade que o próximo ano promete trazer. Sentar nos títulos recentes está proibido, e se Abel Ferreira não deixa os jogadores se acomodarem, a diretoria tem que ter o mesmo 'sangue no olho' que o seu brilhante comandante.

Últimas