Nova Zelândia é o time a ser batido na Copa do Mundo de rúgbi

Sem alguns dos astros que encantaram o mundo na conquista do Mundial-2015, país é favorito no torneio, que começa nesta sexta-feira. Brasil não se classificou

Lance

Lance

Lance

Começa nesta sexta-feira, com a partida entre Japão, o país-sede, e a Rússia, a nona edição da Copa do Mundo de rúgbi, que conta com 20 seleções divididas em quatro grupos de cinco. A ESPN transmite a cerimônia de abertura às 6h30 (de Brasília) e logo em seguida a partida inaugural. Atual bicampeã, a Nova Zelândia segue como a principal favorita, mostrando isso nos vários torneios e amistosos que disputou. A competição vai até o dia 2 de novembro.

O time vem bem modificado daquele que foi considerado o melhor já formado na história deste esporte. Os dois maiores ídolos, o capitão Richie McCaw e o chutador Dan Harper, já aposentaram as chuteiras. Ainda assim, o time sobra e o cara da vez é Beauden Barret, melhor do mundo em 2016 e 2017 e segundo colocado em 2018, além de Rieko Ioane, Top3 nos últimos três anos e do veterano Brodie Retallick, melhor do mundo em 2014 e que pode conquistar a sua terceira taça.

Tradicionalmente, Austrália e África do Sul são os principais rivais dos neozelandeses (que tem quase o dobro de vitórias em cima de todos os rivais) e os especialistas consideram que para este Mundial, Irlanda, Inglaterra e a Argentina, com a base que ficou em 4 lugar em 2015, podem surpreender.
A Irlanda, inclusive, chega ao Japão como a número 1 do ranking, jogando os All Blacks para o segundo lugar. Outro que merece ser citado é o País de Gales.

Recentemente ganhou um dos torneios mais tradicionais do esporte, o Six Nations (Inglaterra, França, Irlanda, Escócia e Itália), vencendo todos os seus jogos.

O Brasil, o atual 26º do ranking, não conseguiu a sua classificação. O país jamais conseguiu avançar para um Mundial.

CURIOSIDADES DO RÚGBI UNION

Os campeões
1987 - Nova Zelândia; 1991 - Austrália; 1995 - África do Sul. 1999 - Austrália; 2003 - Inglaterra; 2007 - África do Sul: 2011- Nova Zelândia; 2015 - Nova Zelândia

......................

Os concorrentes
Como 11 seleções são muito superiores historicamente, entraram automaticamente no Mundial sem passar por eliminatórias: África do Sul, Argentina, Inglaterra, França, Geórgia, Irlanda, Itália, Escócia, País de Gales, Auistrália e Nova Zelândia. As seleções que se classificaram em eliminatórias foram: Estados Unidos, Canadá e Uruguai (Américas) Namíbia (África), Rússia (Europa), Fiji, Tonga e Samoa (Oceania) e Japão, país-sede.
......................

O Pelé do Rúgbi
É consenso considerar o neo-zelandês Jonah Lomu (1975-2015) o Top1, pois ele foi o primeiro grande ídolo do esporte, é o artilheiro de tries (o gol) em um único jogo, um dos artilheiros de Mundiais. Curiosamente, jamais ganhou uma Copa com a sua seleção. Ele encerrou a carreira por uma série de lesões e morreu aos 40 por falência renal, dias após a conquista de 2015 da Nova Zelândia. Uma curiosidade: ele fez um transplante de rim e, ainda assim, voltou a jogar duas temporadas antes de aposentar-se.