Negócio com árabes não sai, Cazares fica e está à disposição do Galo

O prazo final da janela de transferências se encerrou e o meia voltará a ser utilizado pelo clube nas competições de 2020

Lance

Lance

Lance

O Atlético-MG está se preparando para a estreia na Copa Sul-Americana, quinta-feira, 6 de fevereiro, contra o Unión Santa Fé, na Argentina. Após o empate contra o Tombense, pelo Campeonato Mineiro, o elenco voltou aos trabalhos e a novidade foi a presença do meia Cazares, que se juntou o grupo principal.

O equatoriano não vai deixar o clube neste momento. O Galo recusou a proposta de compra feita pelo Al-Ain, dos Emirados Árabes, de 12,7 milhões de reais.

O prazo final para que o negócio saísse era nesta segunda-feira, 3 de fevereiro. Com a recusa atleticana, por achar o valor baixo oferecido pelos árabnes, Cazares volta a se integrar com o grupo principal e ficará à disposição de Rafael Dudamel.

Dudamel inclusive afirmou que conta com Cazares para compor o elenco alvinegro.

- Agora temos a possibilidade de contar com Juan (Cazares). A oferta não atendeu às expectativas do clube, foi recusada, agora temos que conversar com ele. Esportivamente, ele estar na equipe depende dele. Está inscrito na Sul-Americana, é jogador do Atlético, pertence ao Atlético. Temos que conversar se ele quer estar conosco na equipe. É um jogador que ainda tem um ano de contrato. Jogador que não compete, não joga, é mais difícil encontrar, no fim do ano, melhores ofertas - disse o treinador, que até deu um conselho para o meia de 27 anos.

- Meu conselho para Juan é muito claro: se ele decide ficar no Atlético feliz, competindo no nível que conhecemos que é capaz, vou estar feliz de contar com ele. Mas temos que conversar. Ele tinha muitas expectativas de sair, e lamentavelmente não chegou uma oferta boa para o clube. Isso é uma empresa. Se ele quiser ficar feliz no Atlético, tem as portas abertas - disse o treinador.

A presença de Cazares na viagem para a Argentina ainda é incerta, pois ele não estava treinando junto com os companheiros. Cazares está inscrito na competição sul-americana e está legalmente liberado para atuar.