Lance Nadal minimiza pressão após Djokovic empatar em Slams

Nadal minimiza pressão após Djokovic empatar em Slams

Espanhol comenta sobre saúde mental

Lance
Lance

Lance

Lance

Em entrevista ao canal americano CBS, Rafael Nadal, que estreia nesta quarta-feira no ATP 500 de Washington, nos Estados Unidos, afirmou que não se sente mais pressionado após Novak Djokovic empatar com ele e Roger Federer com 20 títulos de Grand Slam.

“Sinceramente, é o mesmo tema antigo, então tem a mesma importância de sempre. O fato de Novak ter 20, Roger ter 20 e eu 20 não aumenta minha motivação nem a pressão sobre minha cabeça. Meu foco não muda em nada, eu sempre continuo o mesmo, eu apenas me concentro no meu caminho. Se Novak ou Roger jogarem lá e vencerem o torneio, tudo bem, vou parabenizá-los. Não vou me sentir frustrado com muito menos. Sei que já alcancei muitas coisas que nunca sonhei, então vou continuar lutando para continuar ganhando coisas", disse o número três do mundo que estreia nesta quarta às 20h em Washington.

“Acho que o esporte, em geral, precisa da torcida. É muito mais difícil para os jogadores mais velhos do que para os jovens, pois os mais novos já vêm com aquela energia inesgotável para tudo. Claro, todos devem continuar com o máximo de alerta em relação ao coronavírus, a preocupação continua, muitas pessoas estão sofrendo e muitas pessoas continuam morrendo".

O tema saúde mental vem sendo recorrente no esporte com Simon Biles nas Olimpíadas , Naomi Osaka, entre outros: "Todos os atletas profissionais abordam esses problemas de forma diferente. Estamos constantemente sob pressão porque a competição deixa você mais estressado, mas, ao mesmo tempo, também somos pessoas com muita sorte. Você sabe, podemos trabalhar e ganhar a vida desenvolvendo um de nossos hobbies. O mais importante na vida é ser feliz, na minha opinião ser feliz é antes de mais nada ”.

Últimas