Lance Museu do Futebol dá 'folga' a camisa de Pelé temporariamente

Museu do Futebol dá 'folga' a camisa de Pelé temporariamente

Camisa vestida pelo Rei em 70 passará por processo de preservação e dará lugar a manto usado por Dida na Olimpíada

Lance
  • Lance | por Lance

Lance

Lance

Lance

O Museu do Futebol anunciou nesta segunda-feira (12) a retirada temporária de sua exposição de longa duração a mítica camisa usada por Pelé na campanha do tricampeonato mundial da Seleção Brasileira em 1970, no México. No lugar da 10 do Rei, a instituição exibirá o manto vestido pelo então goleiro Dida nos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996.

Segundo explicou a assessoria de imprensa da instituição, a escolha de Dida deve-se à exposição temporária "Tempo de Reação - 100 anos do goleiro Barbosa", que homenageia Moacyr Barbosa e os 150 anos da posição de goleiro, que ficará em cartaz até novembro. As camisas de outros goleiros e goleiras devem ocupar o local reservado à 10 de Pelé no período.

Nos Jogos Olímpicos de 1996, a Seleção Brasileira, que tinha Dida como titular de sua meta, ficou com a medalha de prata.

Camisa Dida

Camisa Dida

Lance

Camisa de Dida na Olimpíada de 96 (Olga Bagatini/Museu do Futebol)

CUIDADOS COM A CAMISA DO REI

A operação de "descanso" é feita para que o manto envergado por Pelé passe por um processo técnico de preservação do tecido. Ele consiste na permanência horizontal do material em ambiente escuro, com temperatura e umidade controlados para evitar o desgaste do tempo.

A troca de atrações foi feita nesta segunda-feira (12), dia em que o museu não é aberto para o público, pelos museólogos Juliana Pons e Mauricio Rafael. O Museu do Futebol é uma instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

Últimas