Lance Ministério Público da Espanha pede prisão preventiva de Daniel Alves, diz imprensa

Ministério Público da Espanha pede prisão preventiva de Daniel Alves, diz imprensa

Jogador é acusado de ter assediado uma mulher em uma boate na Espanha

Lance
Lance

Lance

Lance

O Ministério Público da Espanha pediu a prisão preventiva do brasileiro Daniel Alves, acusado de agressão sexual a uma mulher em uma boate de Barcelona. O jogador foi detido pela polícia depois de se apresentar para depor sobre o caso nesta sexta-feira. Agora, diferentes veículos espanhóis informam que o órgão da Justiça espanhola pediu a detenção preventiva do atleta sem direito a fiança.

Uma mulher espanhola acusa o lateral da Seleção Brasileira de ter colocado a mão dentro da sua roupa, sem consentimento, durante uma festa realizada em uma boate em Barcelona, na Espanha, no último dia 30 de dezembro.

+ Palmeiras tem alvos para substituir Danilo, clube inglês aumenta proposta por Matheus França… o Dia do Mercado!
AdChoicesPUBLICIDADE
Logo após a repercussão do caso, o jogador negou a acusação e alegou que estava apenas dançando "sem invadir o espaço de ninguém".

- Sim, eu estava naquele lugar, com mais gente, curtindo. E quem me conhece sabe que eu amo dançar. Eu estava dançando e curtindo sem invadir o espaço dos outros. Eu não sei quem é essa senhora. Nunca invadi um espaço. Como vou fazer isso com uma mulher ou uma menina? Não, por Deus - disse Daniel ao programa espanhol 'Y ahora Sonsoles'.

+ Esposa de Daniel Alves defende jogador de acusação de assédio: 'Sei quem é meu marido'

Mais cedo, em contato com o LANCE!, a assessoria do jogador informou que ainda aguardava informações do advogado de Daniel Alves sobre a detenção na Espanha.

Daniel Alves jogou a última Copa do Mundo pela Seleção Brasileira e atualmente tem contrato com o Pumas, do México. Revelado pelo Bahia, o lateral de 39 anos fez história com a camisa do Barcelona e também atuou em grandes clubes, como Sevilla, Juventus, PSG e São Paulo.

Últimas