Lance Mike Tyson não será acusado por agredir passageiro em avião nos Estados Unidos

Mike Tyson não será acusado por agredir passageiro em avião nos Estados Unidos

No fim do mês passado, Mike Tyson desferiu socos em um passageiro que o provocou em um avião que partia de San Francisco rumo à Flórida

Lance
  • Lance | por Lance

Lance

Mike Tyson não será acusado criminalmente por ter agredido um passageiro em um avião no fim do mês de abril. A informação foi confirmada pela Agence France-Presse (AFP). Em comunicado enviado à agência, o promotor do caso, Steve Wagstaffe, explica que a decisão foi tomada com base nas circunstâncias do ocorrido, "como a conduta da vítima que levou ao incidente, a interação entre o senhor Tyson e a vítima".

> Veja as movimentações da imprensa esportiva em 2022

RELEMBRE O CASO

Segundo informações do site TMZ à época, Mike Tyson estava num voo de São Francisco rumo à Flórida quando um passageiro lhe pediu para tirar uma foto com ele. O ex-lutador atendeu ao pedido dele e de outros fãs no avião.

Contudo, posteriormente, Tyson passou a ser incomodado e provocado por dois homens durante a viagem — um deles sentado logo atrás de seu assento.

O ex-lutador, então, teria pedido que ele relaxasse, mas não foi ouvido. Tyson perdeu a paciência, ajoelhou-se no banco em que estava e desferiu uma série de socos na direção do homem, que ficou ferido no rosto.

Ainda de acordo com o site, esse homem tem extensa ficha criminal (clique aqui e saiba mais).

Últimas