Lance Mesmo com erros, partida do Brasil no Pré-Olímpico de Basquete Feminino anima e cria otimismo para o torcedor

Mesmo com erros, partida do Brasil no Pré-Olímpico de Basquete Feminino anima e cria otimismo para o torcedor

Reação no segundo tempo anima, mas precisa corrigir erros vistos no início

Lance
Lance

Lance

Lance

A Seleção Brasileira de Basquete Feminino perdeu para a Austrália por 60 a 55 nesta quinta-feira (8), em partida válida pela 1ª rodada do Pré-Olímpico de Basquete Feminino, em Belém, no Pará. Mesmo com a derrota, o segundo tempo da partida das brasileiras empolga.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

O Brasil encarou a equipe mais forte do grupo, que conta com Alemanha e Sérvia, e conseguiu ser competitivo, mesmo jogando em desvantagem no placar a partida inteira praticamente. No primeiro tempo o Brasil errou bastante, sem nenhuma força dentro do garrafão, sofrendo com rebotes ofensivos das australianas.

Mas na segunda etapa o Brasil começou o terceiro quarto tomando as ações do jogo e conseguiu pontuar de forma consecutiva. Damairis, pivô do time, não deixava a equipe ficar tão longe no placar, com uma excelente atuação, que marcou 11 pontos e cinco rebotes. Kamilla Cardoso também fez grande jogo, com os mesmos pontos de Damiris e seis rebotes. O ginásio acompanhou a reação da equipe, que chegou a virar a partida.

➡️ Brasil peca no início da partida e perde para a Austrália no Pré-Olímpico de Basquete Feminino

Mas no "cluch time", o Brasil errou administrando o relógio e com erros nos arremeços, diferente das australianas, que mataram uma bola de três nos últimos segundos, que virou a partida. A Seleção Brasileira não conseguiu reagir e saiu com a derrota.

Mesmo com a derrota, a atuação anima, já que a Austrália é a seleção mais forte do grupo. Para carimbar a vaga nas Olímpiadas, precisa apenas ficar entre as três melhores, com isso, é possível até que uma vitória baste para as brasileiras garantirem a classificação.

Últimas