Lance Meninas da Colina: Vasco acerta a contratação de três reforços para a temporada do futebol feminino

Meninas da Colina: Vasco acerta a contratação de três reforços para a temporada do futebol feminino

A atacante Mylena, veio do Internacional, a zagueira Camila e a meio-campista Carol, vieram da Ponte Preta. As três jogadoras já treinaram de olho na estreia do Carioca

Lance
  • Lance | por Lance

Lance

Lance

Lance

O Vasco anunciou, nesta quarta-feira, o reforço de três atletas para a próxima temporada do futebol feminino. A atacante Mylena, veio do Internacional, a zagueira Camila e a meio-campista Carol, vieram da Ponte Preta. As três jogadoras já treinaram com a equipe dirigida pelo técnico Antony Menezes de olho na estreia do Campeonato Carioca.

O Campeonato Carioca de futebol feminino terá início na primeira semana de outubro. As Meninas da Colina terão pela frente o duelo contra a Cabofriense, no dia 2, às 15h, no Estádio Nivaldo Pereira. A tendência é que as atletas já estejam à disposição do comandante.

+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

A zagueira Camila, de 24 anos, nasceu em Campinas e defendeu as cores da Ponte Preta desde 2020, quando deixou o Bonfim (SP). Ela ficou oito anos na equipe paulista antes de acertar a sua ida a Macaca. Em entrevista ao site oficial do clube carioca, a atleta revelou a emoção de acertar com o Gigante da Colina.

– Estou muito feliz em fazer parte da equipe do Vasco, eu joguei contra o Vasco no último Campeonato Brasileiro e sei da força do time, que vem brigando pelos títulos. Estamos nos preparando desde a última semana para ir em busca do título do Campeonato Carioca - disse.

+ Sem atuar desde julho, Michel pode passar por artroscopia e não jogar mais pelo Vasco

Além dele, a meio-campista Carol, de 22 anos, também veio da equipe de Campinas. Ao longo de sua carreira, ela se formou nas divisões de base do ESMAC (PA), em 2011. Dois anos depois, ela defendeu as cores do Santa Madre e também atuou pelo Bonfim (SP). A jogadora ressaltou a emoção de seu pai ao saber que vestiria a camisa do Vasco.

– Meu pai é vascaíno doente. Quando eu contei que viria jogar no Vasco, ele ficou bastante emocionado. Agora eu vou fazer de tudo para dar alegria para ele e para essa torcida maravilhosa, indo em busca de todos os títulos que disputarmos - frisou.

+ Fragilidade defensiva e desatenção atormentam o Vasco; Diniz precisa impor mudanças significativas

Por fim, a atacante Mylena é a mais experiente do tiro contratado. Nascida em Aracaju (SE), ela tem 28 anos e jogou no Boca Juniors, de sua cidade natal. Ao se destacar, ela acertou com o Taubaté (SP), onde ficou até o início do ano. A atleta falou sobre os próximos desafios no Campeonato Estadual.

– É uma honra estar vestindo a camisa de um grande clube e minhas expectativas são as melhores possíveis. Quero vestir logo a camisa para fazer um bom Campeonato Carioca - pontuou.

Últimas