Lance Medvedev destaca confiança, mas reclama da lentidão de Indian Wells

Medvedev destaca confiança, mas reclama da lentidão de Indian Wells

Para russo, condições de jogo parece de uma partida no saibro

Lance
Lance

Lance

Lance

Em entrevista coletiva, Daniil Medvedev destacou sua confiança após chegar em Indian Wells com três títulos e 14 vitórias consecutivas no circuito mundial, mas destacou a quadra super lenta do torneio.

“Sinto-me muito bem, com uma confiança enorme depois dos novos torneios e a verdade é que não me sinto cansado. Cada novo torneio é um desafio, tudo começa do zero e quero aproveitar este momento para melhorar os meus resultados aqui, que historicamente não têm estado nada bem", disse o russo antes de explicar onde está a sua dificuldade em ter um bom desempenho no torneio. "A bola e a superfície da quadra fazem deste torneio um dos mais lentos do mundo. Às vezes parece que você está jogando no saibro. Não estou entusiasmado com essas condições, mas sinto que posso jogar bem. Consegui me adaptar em Doha, cujas pistas são parecidas com as daqui", disse.

E é surpreendente a confissão de Daniil sobre a forma como tem conseguido exibir o seu melhor ténis em campos que sempre lhe foram adversos. "Para ganhar jogos neste tipo de superfície preciso fazer o meu melhor jogo, enquanto em outros mais rápidos posso ir de menos para mais e ganhar jogos sem jogar muito bem, como em Roterdã, por exemplo. Foi aí que mudou tudo porque não tinha confiança, mas decidi fazer um ajuste nas cordas da minha raquete que me permite manter o controle do ponto e me oferecer maior profundidade nos golpes, algo muito importante para mim, pois me dá a possibilidade de jogar atrás da linha de fundo", disse um Medvedev que sugere ter baixado a tensão de suas cordas ou trocá-las por outras que emitem mais.

"Antes de competir em Roterdã eu estava em um dos piores momentos da minha carreira, minha confiança estava no chão. Entendi que era uma questão mental e meu treinador me incentivou a continuar tentando. Sei que essa sequência de vitórias pode acabar em a qualquer momento, mas tendo vencido três torneios seguidos, me adaptando a contextos de jogo muito diferentes, fazendo longas viagens e superando o jet lag, sei que encontrei o ritmo certo. Neste momento me sinto preparado para ir muito bem em Indian Wells 2023. ", afirmou.

"Os maiores sucessos da minha carreira sempre aconteceram no segundo semestre, o que é lógico porque as quadras do circuito americano antes do US Open são as que mais se adequam ao meu tênis. Porém, acho que posso ir bem aqui também. Meus maus resultados nos dois anos anteriores foram devido ao estresse físico e mental de ser finalista na Austrália. Não estava preparado para competir no meu melhor nos meses seguintes. Este ano, perdendo cedo, pude levar uma semana para desligar e depois treinei forte. Os resultados estão sendo vistos", disse Daniil Medvedev, que fará sua estreia contra o americano Brandon Nakashima.

Últimas