Mais Esportes Vôlei de Praia: Andressa/Paula e Arthur/Eduardo vencem a etapa sub-23 de Chapecó

Vôlei de Praia: Andressa/Paula e Arthur/Eduardo vencem a etapa sub-23 de Chapecó

O Circuito Banco do Brasil Sub-23 conheceu os campeões de sua primeira etapa na temporada nesta quinta-feira. Andressa/Paula Hoffmann (PB/RJ) e Arthur Lanci/Eduardo Davi (PR) subiram ao lugar mais alto do pódio na abertura da competição, em Chapecó (SC). As partidas foram disputadas no estacionamento do Shopping Pátio Chapecó, com entrada franca à torcida. E os jogos não param, já que, a partir de sexta-feira, terá início, no mesmo local, o Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia Challenger.

Na final masculina, os campeões brasileiros Sub-19 Arthur Lanci e Davi (PR) levaram a melhor sobre Vinícius Freitas/Matheus (ES) com triunfo por 2 sets a 0 (21/18, 23/21). Para chegar à final, os paranaenses venceram Igor e Gabriel (RJ) por 2 sets a 0 (21/18, 21/14), enquanto os medalhistas de prata eliminaram George e Léo Morais (PB) também por 2 sets a 0 (21/18, 21/13). Na disputa de bronze, melhor para George e Léo, que venceram por 2 sets a 1 e completaram o pódio da etapa chapecoense.

Eduardo Davi comentou a boa campanha de sua dupla, tendo vencido todos os jogos sem a necessidade do tie-break, enfrentando times de alto nível técnico.

- É o fruto do nosso trabalho do dia a dia, da nossa dedicação nos treinamentos. O nível estava muito alto e poder chegar aqui e vencer por 2 sets a 0 todos os jogos é motivo de orgulho para nós. Sabemos que as etapas do Circuito Nacional que jogamos juntos também deram um bom preparo físico, chegamos com rodagem e bem fisicamente. Queremos manter esse mesmo ritmo nas próximas etapas em busca do título da temporada -, disse Davi, que completou.

- Arthur e eu jogamos juntos desde as primeiras categorias de base. Disputamos Sub-19, Sub-21 e agora estamos no Sub-23, além dos torneios profissionais. Em muitos momentos de dificuldade nem falamos um com o outro. Apenas o modo de olhar, algum sinal, já faz com que a gente se entenda e um procure ajudar o outro naquele momento. Esse entrosamento é um dos motivos por termos subido ao pódio.

No torneio feminino, Andressa e Paula Hoffmann (PB/RJ) levaram a melhor na final sobre Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) por 2 sets a 0 (21/18, 21/17) e começaram a temporada com o ouro. Horas mais cedo, pelas semifinais, as campeãs haviam eliminado Victoria/Ana Carolina (MS/SE) por 2 sets a 0 (21/12, 21/19), enquanto as medalhistas de prata derrotaram Paola e Sofia (SC/DF) também pelo mesmo placar, mas com parciais de 21/8, 21/15. Na disputa do bronze, melhor para Victoria e Ana Carolina, que venceram e completaram o pódio.

- É muito importante começar vencendo, pois além dos pontos importantes, dá confiança para o que virá na sequência. É um campeonato muito difícil, com duplas excelentes e conseguimos manter a tranquilidade em todos os jogos. Cheguei após um resultado não tão bom no Sub-21 e queria dar a volta por cima. Vencer a Rebecca, que é uma atleta que disputa o Circuito Brasileiro Open, e a Ana Patrícia, que é jovem, mas está se destacando muito, é uma grande conquista. Elas valorizaram mais nosso título -, disse Andressa, que explicou o bom entrosamento com a carioca Paula Hoffmann.

- Apesar de não treinarmos juntas, somos muito amigas fora de quadra. Temos uma relação muito boa. E nós escutamos muito uma a outra. Quando não está dando certo, paramos, refletimos. Temos muita calma, uma dá força para a outra nas horas difíceis. E também disputamos torneios de base pela seleção brasileira, passamos por um período de treinos em Saquarema e isso faz com que a gente tenha esse bom aproveitamento quando nos juntamos.

Diferente dos Circuitos Sub-19 e Sub-21, o Sub-23 permite duplas de diferentes estados, com os times campeões sendo definidos pelo maior somatório de pontos ao final das seis etapas. Após Chapecó (SC), o Circuito Banco do Brasil Sub-23 também passará por Campo Grande-MS (9 a 11 de junho), Vitória -ES (30 de junho a 2 de julho), Rio de Janeiro-RJ (4 a 6 de agosto), Salvador-BA (8 a 10 de setembro) e Brasília-DF (13 a 15 de outubro).

A competição foi criada no final de 2011, com a etapa de estreia ocorrendo em João Pessoa, em março de 2012. O Sub-23 foi lançada visando dar mais um passo a favor do fortalecimento das categorias de base do vôlei de praia brasileiro, promovendo uma integração ao profissional. Na última temporada, Sandressa/Amanda (AL/RJ) e Anderson Melo/Ramon Gomes (RJ) foram os grandes campeões.

    Access log