'Libertadores é mais importante para sul-americanos que o Mundial', afirma Mauro Cezar Pereira

No podcast Posse de Bola, jornalista vê Mundial como 'uma competição desigual onde você tem uma equipe europeia que tem uma condição econômica muito superior'

Lance

Lance

Lance

O Flamengo garantiu a presença na disputa do Mundial de Clubes e pode encarar o Liverpool na final. E muitos já começam a analisar os times e possíveis resultados. Em podcast Posse de Bola, Mauro Cezar Pereira disse que para os clubes sul-americanos a Libertadores é mais importante do que o Mundial.

– A Libertadores é mais importante, na minha opinião, para os clubes sul-americanos do que o Mundial. O Mundial é uma competição desigual onde você tem uma equipe europeia que tem uma condição econômica muito superior, a chance de triunfo é mínima. Não é a diferença que o Flamengo tem aqui para alguns clubes, a diferença é muito maior em termos de comparação – declarou.

– Eu sou contra, por exemplo, as pessoas que desmereceram o Grêmio em 2017 porque perdeu para o Real Madrid. Não dá para fazer melhor que aquilo. Jogar um pouco melhor até dá, mas ainda tinha o Cristiano Ronaldo. Aí é esvaziar uma grande conquista, ainda mais essa que o Flamengo obteve da maneira que aconteceu – completou o jornalista.

Desde que a Fifa passou a organizar o Mundial de Clubes anual, em 2005, apenas São Paulo, Internacional e Corinthians venceram entre os clubes sul-americanos.