Lance Liberado após punição por doping, Papagaio celebra retorno ao Palmeiras: ‘ansioso demais’

Liberado após punição por doping, Papagaio celebra retorno ao Palmeiras: ‘ansioso demais’

Atacante, que cumpriu suspensão de 14 meses, tem contrato com o Verdão até 2023. Última partida oficial de Rafael foi em novembro de 2019.

Lance
Lance

Lance

Lance

Após mais de um ano cumprindo punição por doping, Rafael Papagaio está de volta ao Palmeiras. A reapresentação aconteceu nesta quarta-feira (03), e o atleta treinou com os que não viajaram para o Mundial de Clubes.

Concentração de luxo: Veja imagens do hotel que virou casa do Palmeiras no Qatar

Quando emprestado ao Atlético-MG, em outubro de 2019, um exame flagrou a utilização de hidroclorotiazida, substância diurética e proibida. A testagem foi feita antes da partida contra o Colón-ARG, pela semifinal da Copa Sul-Americana de 2019.

Depois de também ter atuado pelo Goiás, clube no qual entrou em campo apenas quatro vezes antes de começar a vigorar sua suspensão, Papagaio, que tem contrato com o Verdão até 2023, quer mostrar serviço para Abel Ferreira.

>> Veja a tabela completa do Brasileirão e simule os próximos jogos

Questionado a respeito das mudanças que atravessou durante o período sem jogar, Papagaio explicou e agradeceu a oportunidade.

- Estou ansioso demais, louco para voltar aos treinos e muito feliz pelo título da Libertadores. Menino, Patrick e Esteves, joguei com eles na base. Sei que são caras excepcionais e ver eles conquistando coisas que todos sonhamos deixa um gostinho de voltar melhor ainda e mostrar meu trabalho para fazer parte desse grupo vitorioso - celebrou o atacante.

Papagaio também confidenciou informações sobre como sua família foi importante no processo de reinserção no futebol.

- Muita coisa mudou desde meu último jogo como profissional. O tempo passou rápido para algumas coisas, mas parecia que eu nunca mais voltaria a treinar ou jogar novamente. Mudei muitas coisas na minha vida, criei uma rotina no dia a dia - relatou o atacante, completando sobre sua rotina.

- Minha mulher e minha filha foram as maiores responsáveis para que eu trabalhasse firme e confiasse em Deus que tudo daria certo. Agradeço a Deus por tudo que fez em minha vida e no homem que me tornou. Agora, é focar no trabalho para voltar a jogar novamente - finalizou.

Últimas