L’Étape Brasil by Tour de France 2020 terá categoria e-bike

Maior prova de ciclismo amador do país acontece em dezembro, em Campos do Jordão

Lance

Lance

Lance

O L’Étape Brasil by Tour de France incluiu no seu programa de prova as bicicletas elétricas para a edição 2020, que será disputada de 4 a 6 de dezembro, em Campos do Jordão (SP). A categoria e-bike é exclusiva em competições deste porte no país e fará parte do percurso de 66 quilômetros de distância. As inscrições seguem abertas.

A organização fará um pelotão separado para as bikes elétricas, garantindo a segurança dos mais de 2 mil participantes esperados nas estradas de Campos do Jordão (SP), Santo Antônio do Pinhal (SP), São Bento do Sapucaí (SP) e Sapucaí Mirim (MG).

A ideia do E-Bike Experience foi trazer a experiência do L’Étape para pessoas que não tem tempo para treinar. Todos os inscritos na nova categoria ganharão uma camisa personalizada da experiência assim como a medalha de finisher.

A largada exclusiva será no último pelotão e os inscritos não participam da premiação.

- O crescimento das e-bikes no Brasil é nítido e a tendência é de aumentar cada vez mais. É fácil ver nas grandes cidades mais gente usando as bicicletas elétricas como meio de transporte e lazer, tudo de maneira sustentável. Os nossos hábitos estão mudando e agora ainda mais com tudo isso que estamos vivendo no mundo. Vemos grandes marcas e até competições, como a Formula E, dando destaque à mobilidade elétrica - disse Bruno Prada, medalhista olímpico e organizador do evento.

Um relatório da associação Aliança Bike publicado antes da pandemia indicou que o mercado esperada crescimento anual de 20% em vendas de bikes elétricas, chegando à marca de 90 mil comercializadas em 2020.

O L’Étape tem o percurso principal com 107 quilômetros de distância e 2.330 metros de altimetria acumulada, o equivalente a subir um prédio residencial de 770 andares. A versão mais curta tem 66 quilômetros.