Lance Lesão pode deixar Neymar fora por no mínimo seis semanas, diz médico

Lesão pode deixar Neymar fora por no mínimo seis semanas, diz médico

Ex-médico do PSG e da seleção francesa Alain Simon disse que a procedimentos cirúrgicos na área são raros. Brasileiro pode voltar a tempo da pré-temporada no clube parisiense

Ex-médico do PSG e da seleção francesa Alain Simon disse que a procedimentos cirúrgicos na área são raros. Brasileiro pode voltar a tempo da pré-temporada no clube parisiense

Lance

Lance

Lance

Fora da Copa América dada a grave lesão no tornozelo sofrida na última quarta-feira, Neymar deixou de ser preocupação da Seleção para se tornar problema também para o PSG. De acordo com a imprensa francesa, o camisa 10 pode ser baixa para o clube francês nas primeiras partidas da equipe na próxima temporada, ficando fora por pelo menos seis semanas.

- Quando falamos de um estiramento do ligamento do tornozelo, são três semanas de imobilização. Mas se houver uma ruptura, o período de parada é pelo menos seis semanas. A opção cirúrgica é mais rara, e só diz respeito a casos de entorse muito graves - disse Alain Simon, médico que trabalhou no Paris Saint-Germain e na seleção francesa, ao 'Le Parisien'.

Se ficar ausente no tempo mínimo estipulado de seis semanas, o brasileiro voltaria aos gramados a tempo de participar da pré-temporada no PSG. Caso a lesão exija mais tempo de recuperação, o atleta deve perder os primeiros jogos. Em entrevista ao 'L'Equipe', o médico disse que só percebeu depois que a lesão de Neymar havia sido bem perto do metatarso do pé direito, onde o jogador já sofreu outras contusões.

- É, portanto, uma questão de ver nas imagens se esta nova lesão não refletiu no quinto metatarso. Se for assim, uma cirurgia será inevitável. E aí a indisponibilidade pode ir até quatro meses - comentou Simon.