Lance Leandro Lo, Isaque Bahiense e mais seis faixas-pretas disputam premiação de 100 mil reias no GP dos médios do BJJ Stars 8

Leandro Lo, Isaque Bahiense e mais seis faixas-pretas disputam premiação de 100 mil reias no GP dos médios do BJJ Stars 8

Maior evento de lutas casadas do Brasil acontece no dia 30 de abril em São Paulo e contará com GP e mais sete lutas casadas

Lance
Lance

Lance

Lance

A oitava edição do BJJ Stars, maior evento de lutas casadas do Brasil, promete colocar frente a frente alguns dos melhores atletas de Jiu-Jitsu da atualidade. O evento, programado para o dia 30 de abril em São Paulo, contará com um GP dos médios que dará ao vencedor uma premiação de 100 mil reais. Dos oitos nomes que entrarão na disputa pela bolada, já estão confirmados Leandro Lo, vencedor do GP da quarta edição do BJJ Stars, Isaque Bahiense, que perdeu para Lo na final, além de Pedro Machado, Roberto Jimenez, Léo Lara e Maurício Oliveira. Em breve a organização irá anunciar os dois últimos nomes do torneio, além de sete lutas casadas que irão compor o card.

“Estou super ansioso para esse GP, que no meu modo de analisar será o mais forte de todas as edições que já realizamos. A escolha dos atletas foi uma mescla de novos talentos, que chegaram muito forte na faixa-preta, com ídolos já consagrados. O único nome que não estava em pauta no GP era o do Leandro Lo, porque a nossa ideia era unificar os títulos colocando o vencedor do GP passado, no caso o Lo, com o vencedor dessa edição. Inicialmente eu o chamei para fazer uma luta casada nas regras do ADCC, mas ele disse que preferia lutar de kimono. Eu expliquei a ele que de kimono seria o GP da categoria que ele venceu, e que o vencedor faria uma luta casada com ele para unificar os títulos. Aí ele me perguntou se a premiação seria 100 mil reais para o campeão. Eu disse que sim e ele na hora me pediu para cair pra dentro do GP (risos). Uma atitude dessas vindo do maior campeão em atividade no Jiu-Jitsu só mostra que com ele não tem essa de escolher adversário. Ele gosta mesmo é de desafios”, contou Fepa Lopes, idealizador do BJJ Stars.

A premiação de 100 mil reais, a maior da história do Jiu-Jitsu no Brasil, sem dúvida é um grande atrativo para os atletas. Além do torneio, a organização do BJJ Stars também é conhecida por remunerar bem os atletas das lutas casadas. Fepa destacou a importância de valorizar as estrelas da arte suave e disse que esse é um passo importante para profissionalizar ainda mais o Jiu-Jitsu no país.

“Sem dúvidas a premiação é um excelente incentivo. Além dos participantes do torneio, pagamos para todos os atletas que entram no nosso tatame. Eu acredito que o BJJ Stars está fazendo um trabalho fantástico e quebrando paradigmas. Hoje o atleta está sendo bem remunerado para lutar. O nosso Reality Show trouxe a atenção de marcas que antes não olhavam para o Jiu-Jitsu e que agora estão abrindo oportunidades de novos negócios no nosso segmento. Por isso tenho certeza que o BJJ Stars está sendo importantíssimo para a profissionalização do Jiu-Jitsu e para o crescimento da modalidade no Brasil. Estamos puxando o movimento”, comemorou Fepa.

O BJJ Stars 8, que conta com o apoio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de São Paulo, vai acontecer no dia 30 de abril a partir das 19h no Clube Hebraica. Os ingressos poderão ser adquiridos a partir do dia 1º de abril, quando será aberta a pré-venda, através do site www.bjjstars.tv.

Últimas