Lance Jogadores do Figueirense se negam a jogar com o Cuiabá e time leva WO

Jogadores do Figueirense se negam a jogar com o Cuiabá e time leva WO

Com salários, direitos de imagem e FTGS atrasados, elenco da equipe catarinense decidiu não entrar em campo para o jogo marcado para esta terça

WO na Série B

Jogadores do Cuiabá ficaram esperando o adversário, que não veio à campo

Jogadores do Cuiabá ficaram esperando o adversário, que não veio à campo

Reprodução/Twitter @CuiabaEC

Os jogadores do Figueirense decidiram não entrar em campo para enfrentar o Cuiabá, neste terça-feira, em partida marcada para às 21h30, no Mato Grosso, pela 17ª rodada da Série B.  O elenco catarinense está com os direitos de imagem atrasados desde maio, enquanto os salários não caem na conta desde junho. O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) dos jogadores também não tem sido recolhido.

No início da noite desta terça feira, Felipe Rino, advogado do plantel alvinegro, por meio de nota, comunicou que o elenco havia decidido pelo WO.

"No final da noite foi aberto diálogo entre o jurídico do clube, mas sem avanços. Não houve o cumprimento de nenhuma das exigências dos atletas (pagamento dos salários e Imagem dos atletas, salários de atletas da base, funcionários do clube). Os atletas já confirmaram que não irão para o jogo", informou Rino.

Apesar da decisão, os atletas deixaram o hotel em que estavam hospedados cerca de uma hora antes do horário marcado para a bola rolar. Porém, apesar de estarem no estádio, eles sequer aqueceram no gramado.

Na hora que estava marcada a partida, os jogadores cumpriram a promessa e não foram ao campo. Enquanto isso, os atletas do Cuiabá, juntamente com o trio de arbitragem, estiveram em campo para a execução do hino nacional sem ninguém do Figueirense.

O árbitro Pathrice Wallace Corrêa Maia, escalado para o duelo entre catarinenses e mato-grossenses, cumpriu o protocolo de esperar por meia hora antes de confirmar o WO.

Pouco antes de acabar esse prazo, os atletas do Figueirense se dirigiram para o ônibus da equipe, confirmando que não entrariam em campo.

Sem uma das equipes, o árbitro esperou o primeiro toque na bola dos cuiabanos e decretadou a vitória dos donos da casa pelo placar de 3 a 0.

Veja quem mais movimentou dinheiro na história do futebol