Jogador da NBA é criticado por declaração machista contra rival

Jogo entre Memphis Grizzlies e New York Knicks teve briga. Marcus Morris afirmou que Jae Crowder jogava como mulher e internet o detonou

Confusão no jogo entre Menphis e New York Knicks na NBA

Confusão no jogo entre Menphis e New York Knicks na NBA

Andy Marlin-USA TODAY Sports/Reuters - 29.1.2020

A partida entre New York Knicks e Memphis Grizzlies, pela NBA, na última quarta-feira, foi tensa e contou com uma briga envolvendo Jae Crowder, ala dos Grizzlies e Elfrid Payton, armador dos nova-iorquinos.

Depois do confronto, ala-pivô Marcus Morris, dos Knicks, deu uma declaração polêmica ao criticar a postura de Crowder.

- Ele tem tendências femininas dentro de quadra. É um esporte para homens e uma hora você cansa disso. Ele é frouxo e o seu jogo é frouxo, parecido com o de uma mulher - disse Morris.

As palavras de Morris tiveram repercussão negativas nas redes sociais e o jogador usou o Twitter para se desculpar, segundo ele, pela declaração ''no calor do momento''.

- Peço desculpas pelo uso do termo" tendências femininas ". Tenho o maior respeito pelas mulheres e tudo o que elas significam para nós. Foi uma reação do calor do momento e eu nunca pretendi que uma mulher sentisse que não a respeitava de qualquer maneira. Peço desculpas novamente pelos meus comentários. "

Marcus Morris ainda amargou a derrota. O Memphis Grizzlies venceu o jogo por 127 a 106 e ocupa a oitava colocação na Conferência Oeste. O New York Knicks é o penúltimo, na Leste.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.