Lance Jiu-jitsu: alunos de colégio público do Rio conquistam medalhas em etapa do AJP Tour no Espírito Santo

Jiu-jitsu: alunos de colégio público do Rio conquistam medalhas em etapa do AJP Tour no Espírito Santo

Jiu-jitsu: alunos de colégio público do Rio conquistam medalhas em etapa do AJP Tour no Espírito Santo

Lance
Lance

Lance

Lance

Alunos do projeto social de jiu-jitsu sediado dentro do Colégio Estadual Dom Hélder Câmara, na Zona Norte do Rio, conquistaram seis medalhas na etapa de Guarapari do AJP Tour International Pro Abu Dhabi, realizado no último final de semana na cidade capixaba. Destaques para os faixas-amarelas Phelipe Gabriel e Vitória de Paula, de 12 e 14 anos, respectivamente, que subiram no lugar mais alto do pódio.

O quadro de medalhas da equipe ainda foi estrelado pelos faixas-roxas Guilherme da Costa, 20 anos, prata no peso e no absoluto, e Sidarta Pinheiro, 21, também prata; e a faixa-azul Isabella Delgado, 18, garantiu a quarta prata da Tropa do Samurai. Líder do time, o faixa-preta Caio Cordeiro destacou as performances de seus atletas.

“O balanço foi extremamente positivo, fomos lá acima de tudo para deixar o nosso melhor e com certeza foi isso que fizemos! Posso ressaltar que o que mais me deixou orgulhoso foi ver a garra que eles colocaram em cada minuto desde meses antes da viagem até o fim dos combates", exaltou o professor de jiu-jitsu.

Apoiado pela Legião da Boa Vontade (LBV), Super Rádio Brasil AM 940, Prime Esportes, Boomboxe e Secretaria Estadual de Educação, o projeto Sala de Lutas DHC, fundado em 2018, atende atualmente 82 adultos e 42 crianças, divididos em seis horários.

“Nós temos muito a agradecer à parceria de sucesso que o nosso projeto tem com a LBV Brasil, Prime Esportes e Super Rádio Brasil, que já estão na estrada nos apoiando e ajudando para que os sonhos saiam do papel e se tornem realidades, como foi esse último fim de semana. Agradecemos também à nossa principal incentivadora, a professora e diretora Eliane Bastos, do Colégio Estadual Dom Helder Câmara, pois sem ela sem dúvidas nada disso seria possível", lembra Caio Cordeiro.

Últimas