Lance Handebol masculino: Haniel Langaro e Felipe Borges estão confiantes para estreia nos Jogos Olímpicos

Handebol masculino: Haniel Langaro e Felipe Borges estão confiantes para estreia nos Jogos Olímpicos

Jogadores falam em coletiva sobre o que esperam do jogo contra Noruega no Grupo A 

Lance
Lance

Lance

Lance

Na madrugada de quinta-feira, 22 de julho, a os jogadores da seleção masculina de handebol Felipe Borges e Haniel Langaro concederam uma entrevista coletiva. Os atletas estavam confiantes depois de conseguirem ter um bom período de treino antes de ir para o Japão. O time está inserido no Grupo A junto com Argentina, Espanha, Noruega, Alemanha e França. Estreando contra Noruega dia 23 de julho às 21h(de Brasília).

Felipe Borges, o jogador mais novo a conquistar o ouro no Pan-Americano, falou sobre o desafio que é estar no Grupo A e a expectativa do primeiro jogo - Se pudermos começar com uma vitória, repetindo o que aconteceu no Rio 2016, seria ótimo. A Noruega é um dos times mais fortes da Europa. Espero fazer um grande jogo e sair com a vitória.

Ele ainda comentou sobre a possibilidade de jogar contra o único outro time sul-americano - Brasil e Argentina é aquela rivalidade, nem vamos cumprimentar os amigos, só depois do jogo. Não tem brincadeira não.

Já o lateral Haniel Langaro comentou sobre a popularidade do handebol e da seleção brasileira - Sem dúvidas o nosso ápice foi no Rio 2016, ganhamos a visibilidade mundial. Mas tivemos uma queda de desempenho, temos que admitir, mas agora a Olímpiada é uma janela e uma porta para o mundo.

Ele ainda falou sobre a falta que faz o publico, já que o evento será fechado por conta da pandemia, em comparação com a torcida brasileira no Rio 2016. - Faz falta e muito. Jogar quando se está cansado e ouvir aquela torcida vibrando. Eram milhares de pessoas gritando no Rio. Dá uma dorzinha no coração não ver aquele público na arquibancada, mas entendo que é por uma boa causa.

Últimas