Governo tem reunião com Fla e Flu após fim da concessão do Maracanã

Governador Wilson Witzel citou dívida de R$ 38 milhões com o Estado. Flamengo e Fluminense tinham contratos em vigor com Maracanã

Flamengo e Fluminense tinham contratos em vigor

Flamengo e Fluminense tinham contratos em vigor

Marcello Neves/LANCE!

Mais um capítulo da novela Maracanã parece se aproximar dos clubes cariocas. Em especial, de Flamengo e Fluminense, os únicos clubes com contrato vigente com o complexo que administra o estádio, que foram convidados para uma reunião com a interventora do Governo do Rio de Janeiro nesta terça-feira.

A reunião com o Rubro-Negro está marcada para o inicio da manhã, enquanto com o Tricolor está para a tarde. A ideia é discutir questões relacionados aos contratos e vínculos com o Maracanã. Há a tendência de que os presidentes Rodolfo Landim e Pedro Abad participem do encontro.

Na última segunda-feira, o Maracanã voltou para as mãos do Governo do Rio de Janeiro. A entidade anunciou que o contrato de concessão do Maracanã foi cancelado, e a empresa que administra o estádio tem até o dia 19 de abril para deixar o local. O governador Wilson Witzel alegou que existe uma dívida de R$ 38 milhões da concessionária com o Estado desde maio de 2017.

Além Witzel, o vice-governador Claudio Castro e os secretários de Estado da Casa Civil e Governança, José Luis Zamith, e do Esporte, Lazer e Juventude, Felipe Bournier, concederam entrevista coletiva. A decisão indica que o Maracanã passará a ser administrado pelos clubes em conjunto com o Governo. Flamengo e Fluminense tinham contratos em vigor no estádio.

- Estamos retomando o Maracanã, sem qualquer prejuízo das partidas de futebol ou aos clubes. Vamos nos próximos 30 dias ter uma intervenção no Maracanã, por meio da secretaria e da Suderj, com uma comissão que estou constituindo, para fazer uma retomada. Estaremos modulando uma permissão de uso até que façamos então uma nova concessão por meio de parceria público privada - declarou Witzel.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook. 

Revelação do Palmeiras entra para top 10 de sub-20 mais caros do Brasil