Lance Governador do Rio veta mudança de nome do Maracanã para 'Rei Pelé'

Governador do Rio veta mudança de nome do Maracanã para 'Rei Pelé'

Cláudio Castro seguiu recomendação da Alerj, que voltou atrás do próprio projeto aprovado

Lance
Lance

Lance

Lance

O governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, seguiu a recomendação da Alerj, que voltou atrás do próprio projeto de lei, para que a mudança de nome do Maracanã de Mário Filho para Rei Pelé fosse vetada. A decisão foi publicada no diário oficial do estado nesta quinta-feira.

+ CONFIRA OS CONFRONTOS DA COPA DO BRASIL

A proposta foi recebida de forma negativa para boa parte da população e da imprensa, que alegaram que o estádio deveria continuar homenageando o jornalista que lutou pela sua construção nos moldes como ele ficou famoso no mundo todo: para mais de 100 mil pessoas, o que gerou a alcunha de 'Maior do Mundo', o que era fato em 1950, ano de fundação do estádio.

A proposta feita pela Alerj, à época, também causou mal-estar na família do homenageado. O neto de Mário Filho fez um desabafo ao LANCE! e criticou principalmente o deputado estadual e ex-jogador Bebeto (PODE), que foi relator do projeto de lei. Já o neto de Nelson Rodrigues, que era irmão de Mário filho, fez um apelo para que o governador vetasse a decisão, o que foi feito hoje.

Procurado pelo LANCE! após a decisão da Alerj em recomendar o veto, o neto do jornalista Mário Filho comemorou a mudança de postura da Alerj.

- Fez-se justiça. Isso tudo teve seu lado positivo: o quanto o meu avô é reconhecido como o grande homem que foi - disse Mário Neto.

Veto a mudança de nome do Maracanã

Veto a mudança de nome do Maracanã

Lance

Trecho que consta o veto da mudança de nome do Maracanã (Foto: Divulgação/Governo do Rio)

Últimas