Lance Goiás tem em seu técnico um importante ativo na luta contra o rebaixamento

Goiás tem em seu técnico um importante ativo na luta contra o rebaixamento

Treinador que completou quase um turno no Esmeraldino tem aproveitamento melhor do que de comandantes em evidência por seus trabalhos

Lance
Lance

Lance

Lance

A missão do Goiás em permanecer na Série A do Brasileirão para a temporada 2021 é complexa. Porém, ela se tornou possível após a chegada da dupla de comandantes no banco técnico da equipe composta por Augusto César e Glauber Ramos.

>Quais resultados podem livrar da queda o Esmeraldino?

Os números dão suporte a ascensão do Esmeraldino que, na primeira parte da competição, frequentou por um longo tempo não apenas a zona de rebaixamento como também a última colocação, aparentando estar fadado ao descenso. Desde que ambos assumiram o Verdão, são oito vitórias, três empates e sete derrotas, aproveitamento de 50%.

Inicialmente, a pontuação não aparenta tanto impacto. Porém, quando se observa os números, é possível constatar que eles foram melhores, por exemplo, do que Guto Ferreira no 12° colocado Ceará (42,5%) e até mesmo Cuca (48,1%), treinador do Santos, equipe que está na oitava posição.

Para seguir com possibilidade matemáticas de se safar da queda, o Goiás precisa vencer o Bragantino no próximo domingo (21) às 20h30 (de Brasília) na Serrinha e também o Vasco, no Rio de Janeiro, na quinta (25). Além disso, o atual 18° com 36 pontos tem de contar com tropeço (ou tropeços) de, pelo menos, um dos concorrentes diretos mais próximos na briga: Fortaleza e Bahia.

Últimas