Galo teme que pandemia reduza seu 'poder' de negociação no mercado

O diretor de futebol do alvinegro, Alexandre  Mattos, vê a crise causada pelo coronavírus tirar a força dos mineiros nas contratações e espera que Sampaoli compreenda o cenário

Lance

Lance

Lance

Mesmo com várias notícias sobre possíveis negociações com jogadores que interessam ao Atlético-MG, o Galo está repensando sua estratégia agressiva no mercado, como é desejo de Jorge Sampaoli para incrementar o elenco atleticano. A pandemia do coronavírus pode reduzir a força do clube na hora de buscar reforços para o time.

Essa é a opinião do diretor de futebol Alexandre Mattos. Ele disse também que espera a compreensão de Sampaoli neste momento de menos impetuosidade alvinegra em trazer novos atletas para o restante da temporada.

-Sampaoli é bastante inteligente para entender que isso faz parte de um processo que fugiu ao nosso controle. E ele precisa entender isso-disse Mattos, em entrevista à Bandeirantes.

Mattos revelou que a pandemia da Covid-19, que parou o futebol no mundo mudou a expectativa do clube em conseguir reforços de primeiro nível para o Galo.

-Assim como eu vim com uma expectativa, hoje eu tenho que entender que ela é outra e me enquadrar nessa expectativa. O Sampaoli e qualquer outro profissional vão se enquadrar nessa expectativa- explicou.

O treinador parece que está alinhado com a diretoria alvinegra ao dizer que entende o momento e o corte de 25% nos salários de jogadores, comissão técnica e funcionários que ganham acima de R$ 5 mil. Ao que parece, a economia também será na hora de contratar, o que pode aumentar a pressão sobre Sampaoli para mostrar seu trabalho com o atual elenco.

-Isso(as negociações) passa pelas empresas. O nosso grande investidor, o nosso grande parceiro, a MRV, também tem as suas dificuldades, também tem as suas preocupações. Talvez vá mudar alguma rotina pós-vírus. É óbvio que vamos fazer todo o possível, dentro da realidade, sem fazer loucura, para que não prejudique o Atlético no futuro. É o que a gente sofre hoje. Muitos dos problemas financeiros que o Atlético sofre hoje vieram do passado. E a gente não quer fazer a mesma coisa agora- explicou Mattos, que comentou que já houve muitos aportes na equipe por parte dos parceiros.

-Tem uma possibilidade de investidores investirem? Sim. Investidores que já investiram ano passado, este ano. Contrataram Arana, Savarino, Allan. Já tem muito dinheiro investido no Atlético- concluiu.