Lance Florianópolis e Skate: um dos maiores celeiros de campeões do Brasil

Florianópolis e Skate: um dos maiores celeiros de campeões do Brasil

Crias do bairro Rio Tavares representam o estado no cenário nacional e mundial

Lance
Lance

Lance

Lance

Florianópolis entra de vez no circuito brasileiro de skate e abre o STU National 2024, de 2 a 4 de fevereiro, a capital catarinense jamais deixou de ter uma forte ligação com esse esporte que se tornou olímpico em Tóquio. Historicamente, a cidade sempre produziu skatistas em larga escala, muitos deles oriundos do bairro Rio Tavares, no centro-sul do estado.

➡️ Com SuperCrown em São Paulo, SLS anuncia calendário de 2024

O estado do Sul do Brasil levou três dos 12 nomes que representaram o Brasil no Japão, Yndiara Asp, Isadora Pacheco e o medalhista de prata Pedro Barros.

Na temporada 2023, 14 skatistas de Florianópolis rodaram o circuito. Entre eles, Kalani Konig, que atua tanto no Street quanto no Park, Pedro Carvalho e Mateus Guerreiro, outros dois nomes de uma nova geração muito promissora. E todos eles têm como uma de suas referências justamente Pedro Barros, um dos grandes responsáveis por elevar o skate e o nome do Estado no Brasil e no mundo nas últimas duas décadas. Em 2010, aos 14 anos, já se tornava campeão mundial e medalhista olímpico em 2021.

- A história do skate em Floripa é antiga, sendo uma das primeiras cidades no Brasil, por exemplo, a realizar um campeonato de halfpipe (Vertical). Mas a cena começou a ficar forte mesmo com o sucesso do Pedro e seu reconhecimento, seis vezes campeão dos X Games e prata na Olimpíada. Sua pista em casa, sempre aberta ao público, e o bowl da famosa Pousada Hi Adventure passaram a inspirar uma nova geração e outros talentos começaram a surgir - conta André Barros, curador técnico do STU.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Últimas