Lance Federer admite: 'Sei que deveria ser o 800 do mundo'

Federer admite: 'Sei que deveria ser o 800 do mundo'

Suíço admite que não deveria estar tão bem no ranking como está

Lance
Lance

Lance

Lance

Roger Federer, atual oitavo do mundo, admitiu em entrevista coletiva em Genebra, na Suíça, onde disputa ATP 250 local, que deveria ser o 800 do mundo no ranking caso a tabela não tivesse sido congelada no começo da pandemia.

Ele ficou afastado por mais de um ano por lesão no joelho, voltou com as quartas em Doha, no Qatar, vencendo apenas uma partida nesse período: "Em princípio, sei que deveria estar como número 800 do ranking já que não joguei nada esses meses. De todas as formas, se meu joelho e forma física não estiverem no 100%, não poderei me sustentar lá (8º) para sempre. Se conseguir estar no 100% e for bem, então significará que sou melhor que o número 800. O que sim posso dizer é que todos esses dois meses que passaram desde Doha ganhei força e flexibilidade, não tive contratempos".


Federer comentou também sobre a vacina da Pfizer que tomou contra o COVID-19: "Fico feliz por poder me vacinar, sobretudo porque tendo em conta a quantidade de viagens que requer meu trabalho. Estar vacinado é vantagem mesmo que o mais importante é que não gostaria de infectar ninguém, por isso eu e minha família seguimos sendo muito cuidadosos".

Últimas