Lance Falta de pontaria impede Palmeiras de colar na liderança do Brasileirão

Falta de pontaria impede Palmeiras de colar na liderança do Brasileirão

Verdão poderia ter diminuído ainda mais a vantagem do Botafogo no topo da tabela

Lance
Lance

Lance

Lance

O Palmeiras entrou na 24ª rodada do Brasileirão podendo diminuir a vantagem do Botafogo para quatro pontos ou aumentá-la para dez. Com um sentimento de frustração e alívio, a diferença ficou nos sete pontos. No entanto, a sensação que fica é o desperdício de oportunidades para encostar de vez na liderança do campeonato. Algo que poderia ter sido resolvido com uma pontaria melhor no ataque.

+ Veja tabela e classificação do Brasileirão-2023 clicando aqui

Líder absoluto do campeonato há várias rodadas, no Fogão parecia que não daria chances a quem vinha de trás. No entanto, o time de Bruno Lange vem de três derrotas consecutivas e apenas uma vitória nos últimos cinco jogos. Ou seja, nesse recorte somou somente quatro dos 15 pontos possíveis, dando uma brecha enorme para os concorrentes.

+ + Condição especial para matrícula no curso Gestor de Futebol, aprovado por Dante, Petković, Léo Moura e outros craques. Saiba mais!

E quem pintou como o grande rival botafoguense ao título brasileiro foi o Palmeiras. A equipe de Abel Ferreira até fez jus a esse favoritismo conquistando alguns bons resultados, mas sem jogar bem. Se pegar o mesmo período dessas três derrotas consecutivas dos cariocas, o Verdão venceu apenas uma, além de um empate e uma derrota. Dos nove pontos possíveis, conquistou apenas quatro.

Mesmo assim, a distância que era de 11 pontos caiu para sete, a menor em 12 rodadas. Mas a verdade é que ela já poderia estar em apenas dois pontos, uma vez que no empate com o Corinthians e na derrota para o Grêmio, o Alviverde fez o suficiente para vencer, mas não acertou a pontaria.

+ Raphael Veiga, do Palmeiras, é convocado para a Seleção Brasileira novamente

Diante do Timão, no Dérbi em Itaquera, Breno Lopes teve o gol praticamente aberto, no último lance, para fazer 1 a 0 e levar os três pontos. Porém ele chutou em cima de Cássio e perdeu a oportunidade. Seriam dois pontos a mais para o Palmeiras e dois pontos a menos de vantagem do Botafogo.

Já contra o Grêmio, apesar de ter saído atrás no placar, o Verdão teve mais de 60% de posse de bola, além das quase 20 finalizações. Foi um amasso jogando em Porto Alegre. No entanto, o time de Abel cansou de desperdiçar chances. Veiga teve uma cara a cara e perdeu, sem contar Gómez, que acertou o travessão. Era para ter saído de campo com a vitória e com menos três pontos na vantagem do ponto.

Seriam cinco pontos a mais, que baixariam a diferença para o Botafogo para apenas dois pontos, ou seja, em uma rodada o Alviverde poderia assumir a liderança já no próximo final de semana de Brasileirão. Além de o confronto direto entre as equipes marcado para a 31ª rodada.

Embora esse cenário dê motivos para lamentar, é preciso também entender que o Palmeiras sai da 24ª ainda vivo na disputa pelo título. Isso porque o Fogão poderia ter ampliado a vantagem para até 12 pontos no período, algo que não aconteceu. A derrota dos cariocas para o Corinthians acabou sendo um alívio nas pretensões palmeirenses, que seguem de olho na taça.

Últimas