Ex-treinador de ginástica dos EUA é preso por pedofilia e pode ser condenado a prisão perpétua

Terry Gray foi preso em Las Vegas na semana passada e será julgado nesta segunda-feira no Estado de Nevada, nos Estados Unidos

Lance

Lance

Lance

O ex-treinador Terry Gray, de 52 anos, que participou da equipe de ginástica das Olimpíadas de Sidney (2000), foi preso em Las Vegas, nos Estados Unidos, na última sexta-feira sob acusação de atos indecentes contra um adolescente, entre 2007 e 2013

Segundo a 'CNN', a vítima teria 14 anos e teria sido molestada no clube Brown's Gymnastics, de Las Vegas. O julgamento de Terry já acontece nesta segunda-feira e o ex-treinador pode pegar prisão perpétua, pena máxima dada para casos como este no Estado de Nevada.

O caso de pedofilia já era conhecido nos Estados Unidos. Em 2019, o ex-treinador já havia sido suspenso por dois anos, até outubro de 2021, pela Federação Americana de Ginástica. A Polícia de Las Vegas investiga outras possíveis vítimas de Terry que possam denunciar o treinador.