Lance Ex-goleiro que fez história no futebol britânico morre após diagnóstico de câncer terminal

Ex-goleiro que fez história no futebol britânico morre após diagnóstico de câncer terminal

Em maio, Andy Goram recusou fazer quimioterapia para manter qualidade de vida em seus momentos finais

Lance
Lance

Lance

Lance

Considerado uma lenda do Rangers, Andy Goram morreu neste sábado vítima de câncer terminal no esôfago, aos 58 anos. A notícia foi confirmado pelo clube através das redes sociais.

- O Rangers Football Club anuncia com profunda tristeza a morte de nosso lendário goleiro, Andy Goram, após uma curta batalha contra o câncer - postou o perfil do clube.

+ veja 60 jogadores do Brasil que já podem assinar pré-contrato

Andy recebeu o diagnóstico de câncer terminal em maio e recusou fazer quimioterapia. Na ocasião, os médicos deram seis meses de vida.

- Passar por quimioterapia e sofrer um martírio por mais três meses e sem qualidade de vida? Não, obrigado. A quimioterapia não é uma opção - disse Goram, ao Daily Record, após o diagnóstico.

Andy Goram defendeu as cores do Rangers entre 1991 e 1998 e venceu seis ligas escocesas seguidas. O ex-goleiro defendeu a seleção da Escócia em duas Eurocopas. Ele ainda jogou na seleção de críquete durante 1989 e 1991, sendo o único atleta do país a jogar em alto nível, de forma simultânea, em duas modalidades.

O perfil das redes sociais da seleção de críquete também prestou homenagem ao ex-jogador.

- Estamos tristes ao ouvir a morte da lenda do futebol e críquete da Escócia Andy Goram - postou.

Últimas