Lance Esteticista Tonya Beauty destaca a importância dos exercícios físicos para a manutenção dos resultados de procedimentos estéticos

Esteticista Tonya Beauty destaca a importância dos exercícios físicos para a manutenção dos resultados de procedimentos estéticos

A ida a uma clínica de estética por si só não garante longevidade de resultados, por isso alimentação e rotina de movimentação do corpo é essencial

Lance
Lance

Lance

Lance

Quem nunca viu o anúncio de um procedimento inovador que irá te emagrecer em poucas semanas sem exercícios, ou mesmo a promessa de que é possível conquistar o corpo dos sonhos sem nunca pisar na academia?

São exemplos como esse que construíram, por muito tempo, a ideia de que procedimentos estéticos e exercícios físicos são inimigos e antônimos, quando na verdade podem ser grandes aliados na potencialização de resultados.

A empresária e esteticista Tonya Beauty aponta que os tratamentos estéticos agem como complemento dos treinos, ajudando a influenciar aspectos que demoram mais para aparecer apenas com exercícios, como a firmeza da pele e a perda de gordura localizada e celulite.

“Da mesma forma, o treino age na melhora da respiração, fortalecimento dos músculos e condicionamento físico, áreas que apenas procedimentos estéticos não atingem. São complementos, que também devem ter a alimentação como um pilar”, garante.

Um exemplo disso é o tratamento EMsculpt, que provoca uma remodelação completa da estrutura muscular e estimula o metabolismo, acelerando a perda de gordura e ajudando a acelerar a hipertrofia e modelação do corpo.

"A terapia eletromagnética de alta intensidade pode aumentar os músculos atuais e desenvolver novas fibras musculares. São quase 20.000 contrações musculares poderosas em 30 minutos de tratamento que ajudam a acelerar o ganho de tônus e a força dos músculos”, diz.

Além disso, a empresária e esteticista explica que, em momentos de lesões, os tratamentos estéticos podem auxiliar na manutenção do corpo, que a depender do grau de comprometimento, pode impedir o treino por meses.

“O EMSculpt, por exemplo, pode ajudar os pacientes a se curarem de certas lesões. Pode até ser usado em conjunto com a fisioterapia para ajudar a acelerar os tempos de recuperação ou mesmo para iniciar um novo programa de condicionamento físico após paciente se recuperar de uma lesão”, garante Tonya.

Os tratamentos devem agir, segundo ela, como um complemento de um estilo de vida mais saudável, até mesmo para melhorar a duração de um tratamento estético.

“No emagrecimento, por exemplo, é importante lembrar que ele se caracteriza pela perda de gordura e não apenas de peso e medidas. É um processo que precisa acontecer com alimentação e exercício físico, sendo a tecnologia dos tratamentos estético um potencializador que irá agir na remodelação do corpo, textura da pele e na melhora da autoestima”, reitera.

Últimas