Esportes Olímpicos Magic Johnson desabafa sobre Aids: 'Há 30 anos luto contra preconceito'

Magic Johnson desabafa sobre Aids: 'Há 30 anos luto contra preconceito'

Ex-craque contou ainda como lidou com a discriminação e falou sobre o trabalho desenvolvido à frente da fundação que ajuda soropositivos

Lance
Magic Johnson é um dos maiores jogadores de basquete de todos os tempos

Magic Johnson é um dos maiores jogadores de basquete de todos os tempos

Lance

Receber um diagnóstico positivo para o HIV, vírus causados da Aids, no inicio dos anos 1990, era visto como uma sentença de morte. Isso aconteceu com Magic Johnson, ídolo dos Lakers e integrante do 'Dream Team' americano. Mas, contrariando as estatísticas, o ex-atleta de 60 anos relembrou o momento mais delicado de sua vida no painel 'A magia de vencer' de um dos maiores eventos de investimento do mundo.

"O HIV mudou minha vida. Em 1991, as pessoas consideravam a doença uma sentença de morte. A minha esposa e minha família foram o meu maior suporte, sem eles eu não estaria aqui hoje. Eu estava devassado. Mas depois de um tempo, fui ao médico e perguntei como poderia ter uma vida longa. Ele me disse três coisas: me conformar com a doença, tomar a medicação corretamente e cuidar do meu corpo. Eu fiz tudo isso e deu certo", disse Magic na 'Expert 2020'.

Magic contou ainda como lidou com o preconceito e falou sobre o trabalho desenvolvido à frente da fundação com seu nome que ajuda soropositivos.

"Todos estes anos eu luto contra o preconceito, busca arrecadar dinheiro para ajudar as pessoas doentes, sobretudo as que não podem pagar por seus medicamentos. Busco encorajá-los, motivá-los, ter uma atitude positiva. Não só para pessoas contaminadas por HIV, mas também com as minorias nos EUA, uma vez que a doença está crescendo entre os negros e os mais pobres no país", finalizou.

Patinadora campeã mundial morre após cair de janela de apartamento

Últimas