Esportes Olímpicos Bia Ferreira conquista o ouro no Continental das Américas de boxe

Bia Ferreira conquista o ouro no Continental das Américas de boxe

Boxe feminino conquista três ouros, uma prata e um bronze no campeonato realizado em Guayaquil, no Equador

Lance
Bia Ferreira conquistou medalha de ouro no campeonato

Bia Ferreira conquistou medalha de ouro no campeonato

Lance

O Brasil conquistou três medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze no Campeonato Continental de Boxe, em Guayaquil, no Equador. O destaque foi a medalhista de prata nos Jogos de Tóquio Bia Ferreira (60kg), que venceu Rashida Ellis, dos Estados Unidos, por 4 a 1, e confirmou a boa fase.

Ellis é a principal adversária de Bia nas Américas e as duas travaram grandes combates nas vezes em que se cruzaram. Agora são cinco vitórias para Beatriz Ferreira, incluindo a semifinal do último Campeonato Mundial, e uma vitória para Ellis, nas eliminatórias para os Jogos Pan-Americanos de Lima.

Este é o segundo título de Bia em 2022, mas em categorias diferentes. Em fevereiro, ela disputou o 66º Bocskai Istvan Memorial International Boxing Tournament, na Hungira, e se sagrou campeã.

Outro ouro no Equador veio com Beatriz Soares (69kg), que fez excelente luta contra Noelia Lucia, da Argentina, e venceu por 4 a 1.

Bárbara Santos (70kg) teve uma luta difícil contra Tamara Sandoval, do México. A brasileira conseguiu impor seu ritmo e conquistou o ouro após vencer por 3 a 2.

Rebeca Lima (63kg) fez uma grande final em um combate disputadíssimo contra Sofia Gonzales, dos Estados Unidos. Por 3 a 2, os juízes declararam Sofia vencedora e Rebeca conquistou a prata.

Viviane Pereira (75kg) conquistou o bronze.

Nas disputas finais, a Seleção enfrentou países tradicionalmente vencedores da modalidade, como Estados Unidos, Argentina e México. Este é o primeiro passo da preparação para desafios ainda maiores, como o Campeonato Mundial Feminino de 2022.

Salah e Ibra de fora: veja craques que não têm mais chances de ir à Copa do Mundo do Catar

Últimas