Lance Esperança do Qatar para Tóquio, velocista morre aos 24 anos

Esperança do Qatar para Tóquio, velocista morre aos 24 anos

Abdalelah Haroun, de 24 anos, morreu neste sábado após sofrer um acidente de carro

Lance
  • Lance | por Lance

Jovem era uma das principais esperanças do Qatar na luta por uma medalha

Jovem era uma das principais esperanças do Qatar na luta por uma medalha

Jewel Samad/AFP - 08.08.2017

O velocista Abdalelah Haroun, de 24 anos, morreu neste sábado após sofrer um acidente de carro. O jovem era uma das principais esperanças do Qatar na luta por uma medalha na Olímpiada de Tóquio, que começa no próximo mês de julho. O perfil de esportes olímpicos do Qatar confirmou a informação pelas redes sociais.

"Abdul-Ilah Haroun, corredor da Al-Adaam, medalhista mundial de bronze dos 400 m Bandeira do Catar (morreu hoje). Deus abençoe. Pertencemos a Allah e a Ele voltaremos", postou o perfil Team Qatar, com a mensagem R.I.P (descanse em paz, em português).

Em 2017, Haroun ganhou a medalha de bronze no Campeonato Mundial de Atletismo. Sua primeira performance foi registrada em 2014, ainda com 17 anos. No ano seguinte, o campeão asiático de 2015 e detentor do recorde asiático no interior foi recrutado para representar o Qatar.

A cerimônia de abertura da Olímpiada de Tóquio está marcada para o dia 23 de julho, um ano depois do previsto, por causa da pandemia de Covid-19. Por causa de restrições sanitárias impostas pelo comitê organizador local, apenas japoneses residentes no país poderão comparecer aos Jogos. Outras restrições serão impostas para evitar a proliferação da pandemia.

Tóquio 2020: Veja estádios, ginásios e locais de competição dos Jogos

Últimas