Lance Escolinha de Triathlon tem representante nos Jogos Paralímpicos de Tóquio-2020

Escolinha de Triathlon tem representante nos Jogos Paralímpicos de Tóquio-2020

Coordenador do núcleo de Joinville Ivan Razeira é o técnico da equipe de paratriathlon nos Jogos, que disputa medalhas nos dias 27 e 28 de Agosto em Tóquio

Lance
Lance

Lance

Lance

Referência na formação de crianças e adolescentes por meio do esporte, a Escolinha de Triathlon Formando Campeões tem um representante nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Coordenador de um dos núcleos do projeto, Ivan Razeira é o técnico da equipe brasileira de paratriathlon. O time disputará medalhas entre os dias 27 e 28.

Ex-triatleta, Ivan Razeira é da mesma geração que revelou os maiores nomes da modalidade no Brasil, como Juraci Moreira, gestor e padrinho da Escolinha. Hoje, coordena o núcleo de Joinville, criado em maio. E vive sua primeira experiência em Jogos Paralímpicos.

- Tem sido muito gratificante viver tudo isso aqui, depois de anos de trabalho e dedicação. Chegar nos Jogos Paralímpicos exige muito do atleta e da equipe técnica. Ficamos dois meses em Portugal, treinando, e viemos para Tóquio. Nossas expectativas são ótimas, para todos. O Jorge Fonseca, sobretudo, treinou muito. As chances de medalhas são reais, vamos atrás de uma - conta Ivan Razeira.

O primeiro contato de Ivan Razeira com o paratriathlon veio por meio de Jorge Fonseca, um dos representantes brasileiros em Tóquio. Após sofrer um acidente e ter um braço amputado, o atleta o procurou para voltar a competir, e o treinador aceitou o desafio. Os dois começaram a trabalhar juntos em 2012, e a evolução foi rápida. No ano seguinte, veio a disputa do Mundial de Paratriathlon e, em 2014, Jorge Fonseca passou a integrar a seleção brasileira. Neste ano, conquistou o bronze no Pan-Americano da modalidade, nos Estados Unidos, na categoria PTS4.

Jorge Fonseca disputará a medalha paralímpica na classe PTS4 no dia 27, a partir das 18h30 pelo horário brasileiro. Já Carlos Rafael Viana e Ronan Cordeiro, da classe PTS5, e Jéssica Messali, da classe PTWC, competirão no dia 28, no mesmo horário.

Inspiração das Paralimpíadas para as crianças da Escolinha

A presença de Ivan Razeira nos Jogos Paralímpicos de Tóquio gerou a curiosidade e a atenção dos seus pupilos na Escolinha de Triathlon Formando Campeões sobre o paratriathlon. Para o coordenador do projeto em Joinville, sua experiência com o alto rendimento pode inspirar e levar lições para a criançada.

- Posso transmitir a elas tudo aquilo que o esporte proporciona em nossa vida, desde de lições como disciplina, organização, definição de metas e trabalho em equipe, até a possibilidade de viver e conhecer o mundo por meio do triathlon. Na Escolinha o esporte é lúdico e formador, mas na essência os valores são os mesmos - destaca Ivan Razeira.

- É fantástico poder trabalhar com as crianças. Minha única expectativa com eles é formar cidadãos melhores. Se de lá sairão grandes atletas? Só o tempo dirá- completou Ivan.

Metas da Agenda 2030 na Escolinha

A formação de crianças e adolescentes por meio do esporte é a principal missão da Escolinha de Triathlon Formando Campeões. Mais do que as técnicas do nada, pedala e corre, a equipe técnica segue diretrizes pedagógicas para orientar os triatletas mirins em questões como organização pessoal, disciplina e respeito aos pais e professores.

Essas diretrizes também estão de acordo com os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável que integram a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, a ONU, com a qual o projeto está comprometido. A Escolinha busca atingir esses objetivos de forma individual, com ações de conscientização com os alunos, e coletiva. Faz parte do projeto o compartilhamento dos equipamentos de treino, a preocupação com uma educação escolar de qualidade, adoção da igualdade de gêneros no número de alunos e professores.

Formando Campeões

A Escolinha de Triathlon Formando Campeões, iniciada há cinco anos em Curitiba (PR), é hoje um modelo de formação da modalidade no País. Idealizado pelo atleta olímpico curitibano Juraci Moreira, contempla cerca de 580 crianças e adolescentes em 13 núcleos espalhados por Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Distrito Federal e Ceará.

Em Joinville, as aulas de triathlon englobam as três modalidades do esporte (natação, ciclismo e corrida). Divididas em turmas de 10 alunos de acordo com a faixa etária, as crianças treinam às segundas, terças, quintas e sextas-feiras pela manhã, das 9 às 11 horas, e à tarde, das 15 às 17 horas.

A Escolinha de Triathlon Formando Campeões é viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte, programa da Secretaria Especial do Esporte, Ministério da Cidadania e Governo Federal com a execução da Federação de Triathlon de Santa Catarina e apoio da Univille e da prefeitura de Joinville. Os patrocinadores são SulAmérica, Anjo Tintas, Porter Group e Martinelli Advocacia.

Últimas